Petiscos para cachorros – Receitas e dicas

Além das refeições principais, os tutores também podem oferecer aos cães alguns petiscos, de preferência caseiros, saudáveis e sem ingredientes industrializados.

Isso porque, a alimentação dos cães deve ser uma preocupação constante para os tutores, pois dependendo de como é feita o animal pode ter uma saúde boa ou apresentar problemas no decorrer da vida.

Por esta razão, veterinários recomendam refeições equilibradas, que podem ser feitas baseadas em ração ou alimentação natural. No caso dos petiscos, estes podem ser feitos seguindo receitas caseiras que levam vegetais e, em alguns casos, carnes magras.

Todos os nutrientes presentes nos ingredientes são unidos em biscoitos que acabam se tornando “complementos alimentares” para os cães, mas que não podem substituir de forma alguma as refeições principais dos animais.

Além disso, faz-se necessário a busca por uma opinião veterinária sobre quais são os itens ideais para contribuir com a saúde dos peludos.

Receitas caseiras de petiscos para cães

1. Cenoura com abobrinha

  • 1 cenoura
  • 1 abobrinha
  • 1 xícara (de chá) de abóbora cozida
  • 1 xícara (de chá) de espinafre
  • 4 colheres (de sopa) de mel
  • 1 xícara (de chá) de aveia em flocos
  • 2 ovos
  • 4 xícaras (de chá) de farinha de trigo integral.
Petiscos sobre a mesa

Os petiscos servem para ajudar no treinamento dos cães, mas não devem substituir a ração (Foto: depositphotos)

Comece triturando a cenoura e a abobrinha no processador, sem precisar retirar as cascas se estes vegetais forem orgânicos, caso contrário tire as cascas. Em seguida, adicione a abóbora, o espinafre, o mel e a aveia. Bata todos os ingredientes no processador até formar uma pasta homogênea.

Quando conseguir o ponto, acrescente os ovos e a farinha de trigo, sendo que esta última precisa ser colocada aos poucos para dar a consistência exata da massa. Com as mãos, você deve mexer a pasta até que ela fique mais durinha e seca.

Depois, é só abrir a massa com o auxílio de um rolo e cortar da maneira que desejar, seja em formato de ossinho, patas etc.

2. Banana com cenoura

  • 2 bananas descascadas e amassadas
  • 2 cenouras raladas e sem casca
  • 2 copos e meio de farinha de trigo integral
  • Meio copo de farinha de fubá
  • 1 ovo batido
  • ⅓ copo de óleo vegetal
  • Meio copo de água gelada.

A princípio, misture os ingredientes mais secos, como a farinha de trigo e o fubá. Em seguida, adicione as bananas, as cenouras, o ovo, óleo e a água. Mexa todos os ingredientes ao ponto de deixar a massa o mais homogênea possível.

Após estes passos, abra a massa com rolo em uma superfície polvilhada de farinha de trigo integral. Finalize cortando a massa no formato dos biscoitos que desejar. Coloque o petisco em uma forma com papel manteiga e leve para o forno preaquecido em 180°C.

Deixe os biscoitos assarem por um período de 35 minutos. Se você desejar, ainda deixe os biscoitos dentro do forno já desligado por 35 a 40 minutos para que eles fiquem tostados. Esta técnica vai deixá-los ainda mais crocantes para o pet.

3. Biscoito de beterraba

  • Meia beterraba
  • 1 ovo inteiro
  • 1 colher (de sopa) de óleo de coco
  • 1 colher (de chá) de azeite de oliva
  • Folhas de manjericão fresco e lavado
  • 2 xícaras (de chá) de farinha de aveia.

O primeiro passo é cozinhar a beterraba por, aproximadamente, 20 minutos, e lembre-se de retirar a casca se o vegetal não for orgânico. Assim que o processo de cozimento estiver pronto, bata a beterraba no processador até que ela se torne um purê.

Depois, acrescente o ovo, azeite e o manjericão. Batendo todos os itens novamente até a mistura ficar homogênea. Quando a massa estiver no ponto, acrescente farinha de aveia aos poucos até que ela fique consistente e seca, sem grudar nos dedos.

Em seguida, estique a massa com o auxílio de um rolo e finalize cortando os biscoitos no formato e espessura que você desejar. Coloque-os em uma forma rasa untada com óleo de cozinha ou sobre um papel manteiga e leve para o forno, deixando que asse por até 10 minutos. Quando estiver pronto, tire do forno e só ofereça ao pet quando estiver frio.

4. Cookies de maçã

  • Meia xícara (de chá) de maçã sem sementes
  • 1 xícara (de chá) de carne magra moída
  • 1 colher (de chá) de açafrão-da-terra
  • 2 colheres (de sopa) de manjericão fatiadinho ou seco
  • 1 colher (de sopa) de farinha de aveia.

Misture todos os ingredientes, depois use suas mãos para fazer bolinhas e em seguida amassá-las até que fiquem achatadas. Leve-as para o forno e deixe assar por 20 minutos em uma temperatura de 200°C. Antes de servir aos cachorrinhos, aguarde esfriar. E só para lembrar, a maçã é uma das frutas que pode dar ao cão.

Petiscos coloridos

Espinafre, cenoura e beterraba são alguns dos principais ingredientes desses petiscos (Foto: depositphotos)

Dicas para petiscos

Há quem diga que cozinhar é uma prova de amor, algo único e cheio de sentimento. Sendo assim, quando você se propõe a cozinhar para o cachorro, isso significa que você se preocupa com ele e quer fazer algo de especial para agradá-lo.

Levando em consideração esta premissa e as receitas já dadas anteriormente, você só precisa estar por dentro de alguns truques após o preparo e na forma de oferecer ao pet. Confira:

  • Validade: como essas receitas não levam conservantes e nenhum outro produto químico para aumentar a durabilidade do biscoito, então é importante ressaltar que eles não duram por muito tempo. Por esta razão, o consumo deve ser feito em até 10 dias no máximo após o preparo
  • Conservação: a forma como você vai armazenar os petiscos também pode contribuir com a validade dele. Por isso, prefira guardar em potes com temperatura ambiente e longe do sol. Além disso, você pode optar por conservar os biscoitos dentro da geladeira
  • Quantidade oferecida: lembre-se que os petiscos não podem substituir nenhuma refeição principal do animal e nem tirar a fome do pet. Sendo assim, busque dar poucas unidades por dia, no máximo três para cães de pequeno porte e cinco para animais maiores
  • Use com inteligência: uma boa forma de usar os petiscos é oferecendo durante o treinamento. Quando o cachorro estiver em um adestramento e realizar corretamente o que lhe foi solicitado, ele deve ganhar uma recompensa, que pode ser exatamente um petisco caseiro.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.