,

Entenda o perigo de alimentar os cães com restos de alimentos

Alguns alimentos podem ser nocivos aos cães e precisam ser evitados

A ração é o alimento mais apropriado para ser oferecido aos cães, isso porque os índices de proteínas, vitaminas, minerais e outros nutrientes importantes para o corpo do animal estão distribuídos da melhor maneira possível. Entretanto, não é todo tutor que segue esta restrição alimentar para os peludos e acabam oferecendo restos de comida de humano.

É preciso entender, porém, que esta prática não é errada de um modo geral. Uma Alimentação Natural Caseira, ou simplesmente AN, é uma forma de servir ao pet uma refeição feita com ingredientes humanos, mas de forma balanceada, nutritiva e saudável.

Técnica muito diferente da que é utilizada normalmente, onde os donos almoçam e acabam alimentando os peludos ainda na mesa, durante as refeições.

Problemas de alimentar o cão com comidas caseiras

Oferecer restos de comida aos cães faz perder o controle dos nutrientes que ele ingere

Um dos riscos desse hábito é que alguns alimentos são maléficos para cães (Foto: depositphotos)

O problema não se restringe à falta de controle dos nutrientes que são oferecidos aos cães, mas também ao tipo de comida que é oferecida. Isso porque, na maioria das vezes, os pets recebem pedaços de gorduras, ossos de galinha, cartilagem e outros alimentos que são preparados com itens maléficos ao organismo canino.

Por exemplo, o alto consumo de gorduras pode prejudicar o funcionamento do pâncreas do peludo e levar o animal a apresentar obesidade em um breve futuro. Ossos de galinha, por sua vez, são extremamente perigosos, pois quando são mastigados podem quebrar e tomam uma forma pontiaguda, capazes de perfurar algum órgão do cachorro.

Outros ingredientes estão escondidos no preparo das refeições, mas também não são indicados para os animais. Este é o caso da cebola e do alho, ambos são temperos para diversas comidas, mas que não devem ser ingeridos pelos cães devido às suas composições.

Veja também: Importância da alimentação balanceada para cães

Tiosulfato é uma substância presente nestes itens, que ao entrar em contato com o organismo canino pode destruir os glóbulos vermelhos da corrente sanguínea provocando anemias graves nos peludos.

Outras comidas humanas proibidas para os cães

Além das já citadas, existem outras comidas que também não podem ser oferecidas aos pets, tendo em vista que o organismo deles não estão preparados para receber tais itens. São elas:

  • Chocolate;
  • Passas;
  • Uva;
  • Pizza;
  • Batata frita;
  • Comidas e bebidas que levam adoçantes ou cafeína.

Veja também: Mitos e verdades sobre a alimentação dos cães filhotes

Resistindo a ‘carinha de pidão’ dos pets

Existem alguns animais que acabam fazendo suas refeições através do que o tutor lhe dá na mesa. Além de não ser saudável para o cachorro, esta prática pode causar algum incômodo, principalmente quando o cão resolve fazer cara de “pidão” para visitas.

Por estas razões, é importante que o tutor elimine esse péssimo costume da vida do cãozinho.

Como os peludos aprendem melhor com reforços positivos, saiba parabenizá-lo e recompensá-lo quando ele fizer o certo, ou seja: não espiar.

Veja também: 9 verdades e 1 mentira sobre a alimentação dos cães

Caso ele venha ao pé da mesa, trate de ignorá-lo. Em outras situações, mantenha-o longe da mesa, quando estiver realizando suas refeições e atribua uma recompensa se ele não se aproximar.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.