4 alimentos da ceia de Natal que fazem mal para o cãozinho

Então é dezembro! Aquele mês cheio de comemorações, reencontros, árvore de Natal e também muita comilança! Sim, o mês é praticamente todo festivo e sempre tem aqueles encontrinhos com amigos e na noite de Natal não há quem resista a um peru bem assadinho e uma boa rabanada, não é mesmo?

Mas e os nossos cães? Eles, que hoje são membros da família, acabam participando das festas conosco e sempre tem aquele convidado que dá um petisquinho por debaixo da mesa, não é? Mas será que as guloseimas de Natal são permitidas para os cães? O que fazer nesses casos?

Bom, vamos lá então enumerar o que é proibido de dar aos nossos peludos e assim evitar passar a noite de Natal na emergência veterinária?

Ceia de Natal: o que não dar ao cão?

Dois cachorros com gorro de Natal

Peru, panetone e rabanada não devem ser oferecidos aos cães pois podem causar intoxicação (Foto: depositphotos)

Peru

Ele é o centro das atenções. Aqui o mesmo recado fica para qualquer ave assada. Elas não devem ser oferecidas aos cães por conter temperos, dentre eles a cebola, que é tóxica aos cães. Além disso contém ossos e seu animal deve passar bem longe deles. Ossos cozidos são extremamente perigosos e podem causar uma perfuração de esôfago ou intestino podendo deixar seu peludo em maus lençóis em plena noite Natalina.

Uma boa alternativa aqui seria cozinhar um pedacinho de peito de frango sem sal ou tempero algum e deixar uns cubinhos separados para oferecer ao patudo na hora da ceia.

Farofa

Aqui o risco também fica por conta dos temperos, que podem causar intoxicação. Além de que muitas vezes a farofa contém passas (aqui a briga da família!) e essas jamais devem oferecidas aos cães. Quem sabe uns cubinhos de maçã ou melão no lugar dessa farofa, heim?

Rabanada

Uma delícia para nós e totalmente proibida para eles. Rabanada nada mais é do que pão frito com açúcar e canela polvilhados por cima. Nada disso é recomendado para nossos cães: pão, óleo vegetal, fritura, açúcar… a única exceção ficaria para a canela que é um termogênico super saudável de ser oferecido aos cães. Então, ao invés de rabanada, que tal fazer umas fatias bem fininhas de batata doce, levar ao forno e polvilhar a canela por cima? Tenho certeza que seu peludo ficará feliz por saber que você se lembrou dele!

Panetone

Aqui, nada salva! Massa de pão com passas ou chocolate. Nada que nossos peludos possam aproveitar. O chocolate contém uma substância tóxica chamada teobromina que pode levar a excitação do sistema nervoso e intoxicar o seu cão. Se preferir dar um panetone feito especialmente para cães, existem algumas opções no mercado que vão facilitar a sua vida. Já as passas podem prejudicar os rins dos bichinhos. Uma opção é substituir esse ingrediente por cranberries.

Bom, agora que vocês já sabem como comemorar esse período tão esperado do ano, basta fazer a cartinha para o Papai Noel, pedindo muita saúde para seus peludos e fazer suas comprinhas para que a sua ceia seja deliciosa e a dele saudável e segura! Boas festas!

Sobre o autor

Aline Motta
Zootecnista (CRMV-RJ00851), fundadora do @caointegral e atuante na Nutrição Animal desde 2012.