Exercício do comando de busca básico para cachorros

De acordo com a behaviorista Gwen Bailey, é possível sim ensinar bons modos aos cães ao mesmo tempo em que se brinca com eles. Para conseguir esta façanha, a autora explica no seu livro “O Filhote Perfeito” que é necessário ter paciência, tendo em vista que os cães demoram um certo tempo para aprender por completo qualquer lição.

Um bom exemplo de treinamento em forma de brincadeira é a do comando de busca básico. Nesta atividade, o cão se diverte com o tutor, buscando a bolinha ou qualquer outro objeto que participe da brincadeira e ainda aprende quando deve parar de perseguir ao ouvir o comando “pare” do tutor.

Ensinando comando de busca para os cães

Com essa técnica é possível ensinar o comando de busca para os cães de forma divertida

O parque pode ser um bom lugar para botar em prática a técnica (Foto: depositphotos)

Chame uma pessoa para ir ao parque junto com seu melhor amigo de quatro patas. Fique de um lado com duas bolas e peça que a outra pessoa fique de frente para você, distante por alguns metros. Comece jogando uma bolinha, para que o peludinho vá buscá-la e traga de volta para você. Repita a brincadeira por algumas vezes, deixando o pet ainda mais animado.

Após algumas idas e vindas do cachorrinho com a bola, jogue-a novamente e peça para que a outra pessoa pegue e esconda do pet. Neste momento, grite “pare” para o cachorro e como ele não mais vai ser a bolinha, ele vai olhar para você, por isso esteja com a outra bolinha na mão. Com a prática, o animal vai ligar o comando com algo divertido.

Veja também: Como ensinar ao seu cachorro o exercício ‘vir quando chamado’

Portanto, esta técnica pode até ser utilizada em outros casos, como exemplo na perseguição de um cão com um gato ou qualquer outro animal. Sendo assim, você coloca um limite no pet com relação ao comportamento dele.

Dica importante

A melhor fase para ensinar este comando ao cachorro é quando ele ainda é filhote, mas não tão pequeno. O ideal é começar o treinamento quando o cachorrinho estiver com mais de 20 semanas, tendo em vista que é uma atividade que consome muita energia e esforço físico do peludo, por isso não pode ser praticada por um cachorro que ainda esteja com as articulações em desenvolvimento.

Veja tambémSeu cão é ambicioso? Entenda o que fazer nesses casos

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.