Certificado Zoossanitário Internacional e sua importância

Saiba o que é e como conseguir o Certificado Zoossanitário Internacional de seu cachorro ou gato para realizar viagens internacionais e nacionais


Não é todo proprietário de cães e gatos que sabe, mas na hora de viajar com o seu pet (nacionalmente ou internacionalmente), o dono precisa ter em mãos o Certificado Zoosanitário Internacional, para transitar com seus animais por outras cidades e países. Neste artigo separamos algumas das principais dúvidas sobre o tema, confira e garanta uma boa viagem com seu pet em segurança!

Como conseguir um Certificado Zoossanitário internacional (CZI)?

Para que seja possível o dono viajar fora do país com o seu pet, é necessário ter os documentos que comprovem a boa saúde do animal, além disso, é necessário que o cachorro ou gato, passe por uma consulta com um dos veterinários aprovados pelo Ministério da Agricultura. Para realizar o procedimento da consulta o dono deve agendar o processo para ser feito no próprio aeroporto da cidade onde o mesmo for embarcar.

Exigências gerais e documentação básica para emissão de CZI

Carteirinha de vacinação

  • A carteirinha de vacinação deve estar em dia e contar ainda com a vacinação antirrábica (a vacina deve ser tomada com pelo menos um mês de antecedência da viagem).
  • Na carteirinha deve constar o selo da vacina, para fins de conferência do estabelecimento fabricante. Deve conter também, o número do lote ou partida e data de fabricação.
  • O médico veterinário deverá descrever na carteira de vacinação, a data da aplicação e sua validade, com assinatura e carimbo.
  • Para filhotes a partir dos 3 meses de idade a vacinação antirrábica é obrigatória.
Certificado Zoossanitário Internacional

Foto: Reprodução

Atestado de saúde

O atestado de saúde deverá ser datado, assinado e carimbado com o nome do médico veterinário particular e respectivo número de registro no Conselho Regional de Medicina Veterinária.

Deve conter a identificação completa do animal:

  • Nome;
  • Espécie;
  • Sexo;
  • Raça;
  • Data de nascimento;
  • Idade;
  • Número de identificação do microchip;
  • Cor;
  • Tipo de pelagem.

Além de conter os dados do proprietário do animal:

  • Nome completo;
  • Endereço;
  • Telefone;
  • Documento de identificação do proprietário (RG ou passaporte).

O Atestado de Saúde tem validade de 3 dias corridos até a emissão do CZI pelo órgão oficial (Ministério da Agricultura).

Exames de sangue

O veterinário particular do pet deve realizar uma série de exames de sangue no animal. Os resultados devem ser entregues no dia da consulta com o veterinário do Ministério da Agricultura.

Passaporte pet

Para adquirir o passaporte pet, é necessário entrar em contato com alguma das unidades do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (VIGIAGRO), abrigadas em aeroportos, postos de fronteiras e portos de todo o país. O prazo de emissão de um passaporte pet é de até 30 dias. Na hora de solicitar o documento o dono deve estar acompanhado de seu animal (cachorro ou gato), além de todos os outros documentos mencionados acima.

Atenção às normas sanitárias exigidas pelo país de destino

Busque informações sobre as normas sanitárias, exigidas pelo país de destino. Para isso, consulte a lista dos países mais procurados ou solicite informações à embaixada/consulado de cada um.

Tendo todos os documentos atualizados, o cão com saúde e vacinado, o dono terá acesso ao Certificado Zoossanitário Internacional de seu pet.


Reportar erro