Welsh Corgi Cardigan

Pequeno. Alerta. Ousado. Fofo. Muito fofo mesmo! Essas são algumas das características dos cães da raça welsh corgi cardigan. Saiba mais


Pequeno. Alerta. Ousado. Fofo. Muito fofo mesmo! Essas são algumas das características dos cães da raça welsh corgi cardigan, que apesar de serem da mesma família dos welsh corgi pembroke, são diferentes no porte e no temperamento. Uma vez que o primeiro é maior, mais relaxado e possui o rabo grande, enquanto o outro é mais teimoso, impetuoso e tem um rabo pequeno. Sendo assim, não vale confundi-los!

Pensando nessa confusão, vamos, neste artigo, entender melhor o comportamento, temperamento, cuidados com a saúde e com a estética que o cão cardigan necessita.

História da raça

Dados precisos sobre a origem desta raça são desconhecidos, mas acredita-se que sua criação foi influenciada pelo extinto cão inglês turn-spit, pois também possuíam pernas curtas e por isso eram baixinhos. O cão Welsh Corgi é uma das raças mais antigas que foram trazidas para as Ilhas Britânicas e depois levadas da Europa Central para Cardiganshire.

Eram usados como protetores da família, mas com o passar do tempo foi percebido a capacidade de ajudar na caça e por fim a verdadeira vocação desses peludos, conduzir boiadas sem se machucar. A necessidade que os boiadeiros tinham de conseguir deslocar o gado de uma região cultivável fez com que essa raça conseguisse fama, pois era muito hábil nessa atividade.

O próprio nome “corgi” é uma referência a essa capacidade de conduzir rebanhos, pois “cor” significa coleta, enquanto o “gi” refere-se a palavra cão. Apesar da fama, a sua função foi ao declínio juntamente com a divisão e vendas das terras.

Deste modo, os cães dessa raça estavam sendo criados e comercializados como guarda ou para companhia, o pior era os preços, quase sempre altos demais, tornando-se um luxo tê-los em casa. Como poucas pessoas tinham recursos suficientes para comprar um cão dessa raça, por pouco não foram extintos.

Temperamento desses cães

O cão da raça welsh corgi cardigan é sociável, confiável e carinhoso. Por essas razões, é um ótimo animal para estimação e para fazer companhia. Além disso é auto-confiante, determinado e equilibrado e, por isso, é um cão muito inteligente e de fácil adestramento.

Mesmo que o tempo de trabalho para os cães já tenha passado, esses peludinhos podem ser treinados para proteger casas, pois são valentes, expansivos, rápidos e adoram correr, e estão sempre em alerta, latindo sempre que suspeitam de alguma ameaça à seu território e ao das pessoas que eles gostam. Apesar dessas qualificações de protetor, o cardigan é divertido, adora caminhar e de brincar com seu dono.

Características físicas do welsh corgi

Pernas curtas, orelhas em pé e o rabo longo, tendo uma aparência de raposa. São cães robustos para o tamanho do porte deles, por essa razão tendem a engordar com mais facilidade.

Para evitar isso, os donos devem estar atentos a alimentação desses animais, caso contrário poderão sofrer de problemas nas articulações devido ao peso. Um cão dessa raça pode medir 25 a 30 centímetros e o peso ideal é de nove a 12 quilos, tanto macho quanto fêmea.

Cuidados com o welsh corgi

Algumas doenças podem afetar a saúde desses cães, à exemplo da displasia coxofemoral, que é caracterizada pela má formação da articulação coxofemoral. E a expectativa de vida fica em torno de 10 a 12 anos. Já a pelagem desses pequenos é grande, mas é fácil de ser mantida, pois além de ser a prova d’água, o cão se comporta muito bem na hora da escovação, outro momento importante na manutenção de pelos bonitos e saudáveis.

Assim como todo animal deve ser sempre levado ao veterinário, pelo menos de seis em seis meses ou quando se fizer necessário, o mesmo ocorre com o welsh corgi cardigan. Além de banhos regulares, escovação dos dentes, passeios regulares e, claro, muito amor! Pois todo peludo merece a oportunidade de dar e receber amor.


Informar erro