Vídeo de pais que encorajam bebê a beijar pit bull levanta debates

Nas imagens, bebê beija o cão e o animal lambe o rosto do mesmo


Um vídeo publicado na internet no começo do ano, mas que acabou se tornando um viral esta semana, tem gerado discussões na rede. Nele, os pais de uma criança adorável a encorajam a beijar um cachorro da raça pit bull que está dormindo em um sofá. Em nove segundos, o cachorro dá uma lambida no rosto do bebê.

Porém, algumas pessoas começaram a comentar que os pais expuseram a criança ao perigo. “Eu amo pitbulls, mas eu não iria colocar meu bebê nessa situação”, comentou um internauta via YouTube. E foi justamente aí que se iniciaram os debates, afinal, se o cachorro em questão fosse um poodle ou um pug, raças menos temidas pela sociedade que a espécie pit bull, as reações seriam as mesmas? É quase certo que não.

Os cães pit bull vêm sofrendo bastante com o preconceito que se elevou sobre eles. São taxados de violentos e perigosos, mas vemos claramente que o do vídeo em questão somente retrata carinho e amor entre o cão e a criança.

Pais encorajam bebê a beijar pit bull e vídeo levanta debates

Foto: Reprodução/ YouTube

Deve-se, sim, sempre ter cuidado com cães de raças consideradas ferozes, mas na maior parte das vezes, os cachorros só se tornam violentos graças à forma que são criados. A questão da culpa, na maior parte das vezes, é dos donos. E existem também registros de ataques de outras espécies, inclusive.


Reportar erro