Treinadora ensina exercício para o cachorro passear sem puxar a guia

‘Enquanto o filhote for novinho e pequeno, é importante que ele aprenda que um puxão na guia significa que ele deve parar, e não prosseguir’, diz Gwen


Tem tutor que não leva o seu cachorro para passear, mas sim o contrário, acaba sendo levado pelo pet para dar uma volta na praça. Este tipo de situação acontece muito nas relações entre humanos e cães, tendo em vista que os donos não têm uma preocupação ou não sabem como ensinar a forma correta de passear com o cachorrinho.

De acordo com a behaviorista Gwen Bailey, no livro “O Filhote Perfeito”, é preciso ensinar bons modos para os cachorros desde novinhos. “Enquanto o filhote for novinho e pequeno, é importante que ele aprenda que um puxão na guia significa que ele deve parar, e não prosseguir. A maioria dos filhotes aprende o oposto disso, e é por esse motivo que muitos cães puxam seus donos pelas ruas”, explica a treinadora.

Frente a esta situação, Bailey ensina como deve ser o treinamento ideal para que o cachorro aprenda a passear sem puxar a guia. Se o treinamento for iniciado com o cão ainda filhote, ele vai crescer um adulto com o qual é bom passear. Mas, este tipo de exercício também funciona com peludos já grandes.

Treinadora ensina exercício para o cachorro passear sem puxar a guia

Foto: depositphotos

Ensinando o pet a não puxar a guia

Gastando a energia do peludo

Antes de iniciar o treinamento com o cachorro, é ideal fazer algum tipo de brincadeira com ele. Isto porque, o cão quando sai para passear fica eufórico e bastante agitado. Já quando você brinca com ele antes de saírem de casa, ele acaba ficando mais tranquilo na rua e isso facilita o trabalho de adestramento do peludo.

Posicionando a guia e os petiscos

Depois de brincarem, coloque a guia no cachorro e saia com ele para a rua. Posicione o cachorro do lado esquerdo do seu corpo e com a mão direita segure a guia de forma que ela fique frouxa. Na mão esquerda guarde alguns petiscos, tendo em vista que este é um elemento muito importante no adestramento, pois serão as recompensas do filhote. Portanto, se o pet se manter nesta posição inicial, já ofereça alguns petiscos a ele.

Chame a atenção do pet

Comece a caminhar e chame a atenção do cachorro, mostrando ao filhote que você ainda possui mais petiscos. Mas lembre-se, mantenha a posição das mãos, com o pet do lado esquerdo, segurando a guia com a mão direita e os petiscos na mão esquerda. Dê alguns passos e depois pare, oferecendo mais petiscos ao cachorro pelo bom comportamento.

Recompense-o

Este é um momento importante, pois é a partir desta situação que o cãozinho vai entender que ao fazer o correto, ele acaba ganhando uma recompensa por isso. Sendo assim, serve como um estímulo para continuar agindo de forma coerente com o desejo do tutor.

Repita o processo

Volte a andar com o pet depois de recompensá-lo. Pare novamente, após mais alguns passos de caminhada, e elogiei o filhote com entusiasmo. Repita este processo, quantas vezes achar necessário até perceber que o filhote está aprendendo a agir de forma tranquila.


Informar erro