Siga essas orientações e seu cão não irá mais lhe desobedecer

Para conseguir a obediência do cão, é necessário seguir algumas regras que funcionam se forem colocadas em prática simultaneamente


Ter um cachorro é ter a certeza de que alguém vai está lhe esperando na volta para casa. É saber que mesmo saindo por apenas cinco minutos, você será recebido com muita festa e agitação quando voltar.

Esses peludos são responsáveis por trazer alegria para a vida de seus tutores, esperança de dias melhores e a certeza de que ainda há amor no mundo.

Mas, em meio a tanta alegria, os tutores costumam reclamar de alguns pontos com relação à criação do pet. E a campeã das reclamações é a desobediência que muitos cãezinhos apresentam, seja na fase filhote ou na de adulto.

Para tentar reverter esta situação é preciso elaborar um trabalho de adestramento completo, passando sempre pela educação, obediência e, claro, amor.

Siga essas orientações e seu cão não irá mais lhe desobedecer

Foto: depositphotos

Como fazer o cão obedecer?

Para conseguir fazer com que o cachorro não desobedeça às ordens da casa e acima de tudo o próprio tutor, é necessário seguir algumas regras que sempre funcionam se forem colocadas em prática simultaneamente. São basicamente cinco dicas infalíveis que surtem o efeito positivo se forem aplicadas com disciplina pelo tutor.

1. Começar o adestramento o quanto antes

Quanto mais cedo o adestramento é iniciado, mais rápido o animal vai aprender o que deve ou não fazer. Isto porque, quando o cachorro é filhote ele está na fase mais produtiva da vida, onde ele pode aprender com mais agilidade, por isso é importante usar isso a favor dos treinos.

Isto não significa dizer que cães adultos não aprendem, eles também estão aptos para memorizar os ensinamentos, então investir na sua educação também é viável. Como diz o ditado, “antes tarde, do que nunca!”

2. Ensinar ao pet levando em consideração paciência, constância e carinho

É inviável ensinar um truque ao cachorro hoje e esperar que ele repita esta mesma atividade amanhã sem nenhum esforço por parte do tutor. Ao mesmo tempo que existem cães mais fáceis de adestrar, outros podem demorar até duas semanas para aprender determinado comando.

Cada animal trabalha no próprio tempo, respeitar este período e repetir as aulas com cuidado e atenção é a forma mais fácil de adestrar um animal e conseguir incentivar o que ele tem de melhor.

3. Jamais usar força física contra o peludo

Um bom treino leva em consideração mostrar o amor que o tutor sente pelo cachorro. Usar força física, gritos e ignorar o animal não vão ser atitudes sensatas no adestramento.

É preciso frisar que medo não é obediência. Por exemplo, um cachorro com medo não obedece, ele só faz o que tem que ser feito na frente do dono, mas pode repetir o erro quando estiver sozinho.

4. Evidenciar quem é o líder da casa

Mostrar para o cachorro quem é o líder da família é um dos pontos mais importantes do treino, pois só assim o animal respeita, obedece e escuta atentamente o que o tutor quer dizer. Atitudes simples conseguem demonstrar isso, como entrar e sair de casa primeiro que o animal quando estiverem no passeio, indicar os horários das refeições etc.

5. Recompensar nas horas corretas

O reforço positivo é uma maneira segura de conseguir os resultados esperados no adestramento. Seja um biscoito, brinquedo ou afagos, é importante recompensar o animal por uma atitude correta que ele fez ou foi induzido a fazer. No entanto, as recompensas precisam ser colocadas em prática nas horas corretas.


Reportar erro