Saiba diferenciar o xixi do seu cão quando for por medo ou excitação

Se o seu cachorro tem mais que 1 ano de idade e ainda não parou de urinar por medo, submissão ou excitação, veja como lidar com a situação


É comum ouvir relatos de cães que urinam involuntariamente em determinadas situações, como nos casos de medo, submissão, euforia ou saudade.

Esse tipo de comportamento pode ser normal, sem envolver qualquer problema de saúde mais grave do animal, mas pode sinalizar um momento de muita ansiedade ou medo extremo para o cão.

Além de não ser nada saudável para o cão, muitos tutores também se incomodam com o fato. Se o seu pet costuma fazer xixi por medo ou excitação, conheça algumas dicas para aprender a lidar com a situação.

Saiba diferenciar o xixi do seu cão quando for por medo ou excitação

Foto: depositphotos

Xixi por submissão

Fazer xixi por submissão faz parte da comunicação e linguagem corporal dos cães. O comportamento é adotado para mostrar pacificação aos outros cachorros, convencendo-os de que ele não é uma ameaça.

É importante ressaltar que nem todos os cachorros urinam por submissão, pois alguns fazem xixi em situações que os deixam eufóricos, como quando o tutor chega em casa ou brinca com ele, por exemplo. Urinar por submissão normalmente ocorre quando os cães encontram pessoas ou animais durante situações excitantes ou quando há contato físico.

Nesse tipo de situação, além de urinar, os cachorros também tendem a demonstrar várias posturas submissas, como encolher-se, levantar as patinhas dianteiras, colocar o rabo para dentro, lamber a própria boca, dentre outros.

Xixi por excitação

O xixi por excitação também é comum em filhotes e geralmente ocorre quando os tutores ou visitas se aproximam do animal, no entanto, ele não vem acompanhado de posturas corporais submissas. Nesse caso, o cãozinho costuma se mostrar bastante agitado e eufórico.

Como lidar com o xixi do cão por medo ou excitação?

Se o seu cachorro tem mais que 1 ano de idade e ainda não parou de urinar por medo, submissão ou excitação, siga estas orientações:

  • Em todos os casos, a melhor solução é evitar cumprimentos muito excitantes para o cachorro. Se ele estiver pulando, latindo ou abanando o rabo, espere que ele se acalme para interagir com ele. Se o seu animal de estimação tiver o comportamento de urinar por medo, aguarde que ele se aproxime das pessoas em seu ritmo, sem forçá-lo. Evitar olhar o pet nos olhos também ajuda. Nesse caso, o cachorro deve ficar confiante com relação à aproximação de pessoas;
  • Quando o cãozinho vier cumprimentar o tutor, jogue um petisco longe dele;
  • Ensine o seu animal de estimação a sentar e, antes de falar com ele, peça que siga o comando;
  • Opte por brincadeiras que envolvam objetos e não contato humano;
  • Quando o seu cão estiver urinando por submissão, não brigue com ele! Isso só irá traumatizar o animal e prolongar o comportamento errado. Basta ignorá-lo.


Reportar erro