Saiba como você pode ajudar sua cadela na hora do parto

A intervenção humana é desnecessária durante os partos de cães, no entanto, alguns animais podem apresentar problemas durante o nascimento


A sua cadelinha está grávida e você está preocupado, querendo saber como ajudá-la?

Na maioria dos casos, a intervenção humana é desnecessária durante os partos de cães, no entanto, alguns animais podem apresentar problemas durante o nascimento.

Neste artigo, saiba como você pode ajudar sua cadela no momento do parto.

Antes do parto

Se a gestação da sua cadela foi planejada e você fez um pré-natal, com certeza tudo ocorrerá com mais facilidade.

Se você estiver planejando o cruzamento do seu animal de estimação, leve-o ao veterinário para a realização de um check up, um mês antes de acasalar os cães.

Saiba como você pode ajudar sua cadela na hora do parto

Foto: depositphotos

Caso a gestação não tenha sido planejada, leve a cachorrinha ao veterinário logo que descobrir a sua condição.

No check up, o veterinário vai verificar as datas das vacinas, o estado nutricional da fêmea e a vermifugação, além de realizar exames, como o de fezes, sangue, glicose, ureia, creatinina, hemoglobina, eritograma, leucograma, brucelose e outros.

Lembre-se que a cadela só pode receber medicamentos que tenham sido indicados pelo veterinário.

É importante que você também compreenda a progressão normal da gestação. A gravidez de uma cadela dura aproximadamente 60 dias.

Nas últimas semanas, a cachorra poderá se isolar e montar um ninho, o que é normal. Prepare o cantinho onde ela dorme, forrando-o com jornal.

O momento do parto

Para ajudar sua cadela no momento do parto, é recomendável que você tenha alguns itens em mãos. Confira a seguir.

  • Toalha limpa;
  • Fio dental esterilizado (se o cordão ficar sangrando);
  • Tesoura;
  • Iodo para higienização;
  • Luvas para aquecer o filhote;
  • Uma caixa com pano macio e quente para colocar o filhote;
  • Caixa para acomodar a mãe e os filhotes;
  • Lâmpada ou lençol térmico para aquecer os animais.

O intervalo entre os nascimentos varia bastante, podendo ser de 15 minutos até 2 horas. Um filhote pode nascer de três maneiras diferentes: pela cabeça e patas dianteiras (mais comum); pela cauda e patas traseiras; e pelas nádegas, na qual as pernas traseiras estão dobradas embaixo do corpo do filhote.

Após os nascimentos, ocorre a eliminação da placenta e você deve observar se a quantidade é a mesma que de filhotes.

A fêmea ingere as placentas e corta o cordão umbilical dos filhotes, lambendo-os para limpá-los e estimular a sua respiração.

Você só deve interferir no momento caso a cadela não faça. Neste caso, rasgue o saco vitelíneo, corte o cordão umbilical e esfregue o filhote para desobstruir as vias respiratórias.

Se o filhote estiver preso no canal do parto, com metade do corpo para fora, segure o pequeno animal com uma toalha limpa, e puxe cuidadosamente, em um ângulo levemente descendente.

Se você não conseguir remover o filhote, ligue para o veterinário imediatamente.


Reportar erro