Saiba como aumentar as plaquetas de um cachorro

O número de plaquetas baixas nos cães resulta em um problema chamado trombocitopenia e pode ser um sinal de uma doença grave


O descontrole nas plaquetas não é um problema enfrentado apenas pelos humanos. O número de plaquetas baixas nos cães resulta em um problema chamado trombocitopenia e pode ser um sinal de uma doença grave.

Esse nome esquisito significa trombo (coágulos), cito (célula) e penia (diminuição). Ou seja, o problema é uma diminuição das células formadoras de coágulos.

As plaquetas são células produzidas na medula óssea que fazem parte do processo de coagulação do sangue. São elas as responsáveis por dar a consistência adequada para que o sangue circule de forma correta no corpo.Elas também impedem a ocorrência de sangramentos quando se adquire algum tipo de ferimento.

saiba-como-aumentar-as-plaquetas-de-um-cachorro

Foto: depositphotos

Quando as plaquetas do cachorro estão baixas, há um risco dele sofrer de hemorragias graves. Algumas situações podem ocasionar esse problema, como doenças infecciosas, linfoma, leucemia, hemorragias externas, trombocitopenia imunomediada e estresse.

Quando o cachorro está portando a trombocitopenia ele costuma apresentar sinais como: sangramento na pele que surgem como pequenos pontos vermelhos, febre, tosse, presença de sangue na urina e nas fezes, falta de apetite, indisposição, manchas na pele e gengiva e dificuldade para caminhar.

Como aumentar as plaquetas do cachorro

Quando o cachorro apresentar esses sintomas, leve imediatamente para um veterinário para que ele possa indicar e tratar a causa da baixa produção de plaquetas no sangue.

Procure elevar a imunidade do seu animal. Recomenda-se dar a ele canja de galinha com osso com legumes.

Os alimentos que são ricos em ferro também são uma ótima maneira de ajudar o seu cão a elevar as plaquetas.

Procure sempre hidratar o seu cão. Troque a água do recipiente dele, pelo menos duas vezes ao dia. Essa é uma ótima maneira de ajudar a combater a desidratação ocasionada pela febre.

Você também pode dar ao seu cão água de coco natural, que é riquíssimo em vitaminas, potássio, ferro e cálcio.

Deixe seu cão em repouso absoluto e evite o contato com outros animais. Qualquer brincadeira ou contato com carrapato pode ocasionar um lesão nele e piorar o quadro de saúde do seu amigo.


Reportar erro