Quando devo trocar a ração de filhote para a de adulto?

Você sabia que tem rações específicas para idade do seu pet? É o que vamos ver a seguir


Tem coisa mais fofa que um filhotinho de cachorro? Dá até vontade de paralisar o tempo e deixá-lo pequeno para sempre, não é? Mas, na verdade, o que queremos mesmo é que ele cresça saudável e esperto.

Para isso precisamos cuidar da sua alimentação. Você sabia que tem rações específicas para idade do seu pet? É o que vamos ver a seguir.

Filhote

Quando o filhote atingir os 45 dias de vida você já pode começar a dar para ele rações secas de frango, vegetais e carne bovina. O ideal é que você varie os sabores com o passar dos dias para que seu animalzinho escolha o da sua preferência.

Aproveite também e ofereça para o seu filhote um tipo de ração úmida. Mas, a dica é que você não misture a seca com a molhada, mas sim, ofereça em recipientes separados para testar a aprovação do seu cãozinho.

Quando devo trocar a ração de filhote para a de adulto?

Foto: depositphotos

Cão Adulto

Para saber se o seu cachorro já entrou na fase adulta, você precisa saber a que tipo de raça ele pertence, pois isso varia de uma para outra. Vamos lá!

As raças pequenas e médias, como Springer Spaniel e Chihuahuas se tornam adultas entre os 9 e 12 meses de vida. Já as de porte grande, como por exemplo os Labradores Retrievers, deixam de ser filhotes entre os 12 e 15 meses. Para cães de raças gigantes como os dinamarqueses e Newfoundlands, a fase adulta se inicia entre os 18 e 24 meses.

Nesta nova fase da vida do animalzinho é preciso ter em mente que não é por que ele cresceu que você tem que oferecer muita comida. Ao contrário, o alimento deve ser oferecido duas vezes ao dia, para evitar que o animal coma demais e fique obeso. É sempre importante lembrar que você não deve dar a sua comida para o seu bicho, exceto se for por orientação do médico veterinário, ok?

Cachorro idoso

Se você tem um cachorrinho de pequeno porte saiba que quando ele chega aos 10 anos, ele é um idoso. Para os animais de grande porte, aos sete, já são considerados anciãos.

Essa etapa da vida animal exige mais cuidados com a alimentação, pois eles estão mais propensos a pegarem infecções e doenças.
Um problema específico desta fase, é a falta de apetite. Por isso, você oferecer para ele pequenas refeições durante todo o dia. Observe com o veterinário se ele não tem problemas de saúde, pois já existem rações tipo light, com menos sal e gordura.


Reportar erro