Quais são os alimentos tóxicos para cachorros

Determinados alimentos podem ser muito benéficos para o nosso organismo, mas causar problemas à saúde do nosso bichinho


Nós sabemos que é difícil resistir aos cortejos do seu cãozinho quando ele começa a pedir “comida humana”, no entanto, a alimentação do seu animal de estimação deve ser escolhida com cuidado, considerando a sua idade, tamanho e atividade.

A opção mais adequada é a ração, mas, em algumas situações, torna-se difícil não oferecer um pedaço do que você está comendo…

Mas, será que esse alimento é tóxico para o seu animal de estimação? Neste artigo, saiba quais são as comidas que não devem ser oferecidas ao seu cachorro, pois são tóxicas ao animal.

Quais são os alimentos tóxicos para cachorros

Foto: depositphotos

Alimentos tóxicos para cães

Os cães se alimentam de forma diferente e o seu organismo não funciona igual ao dos seres humanos. Determinados alimentos podem ser muito benéficos para o nosso organismo, mas causar problemas à saúde do nosso bichinho.

Conhecer as necessidades nutricionais do seu pet e saber quais alimentos podem ser prejudiciais a ele é essencial para garantir a sua segurança. Confira a seguir quais são os alimentos tóxico para cachorros:

  • Abacate

O abacate contém uma substância denominada persin, altamente tóxica para os animais, inclusive para os cachorros, além de ser rico em gordura.

O seu cãozinho pode vomitar e ter diarreia apenas com a ingestão de uma pequena quantidade do alimento. As folhas, fruta, sementes e cascas do abacate também podem causar dores de estômago e dificuldades respiratórias.

  • Cebola e alho

A cebola e o alho contêm uma substância que altera a hemoglobina, provocando a destruição de glóbulos vermelhos. Com essa intoxicação, o seu cãozinho pode apresentar anemia, icterícia e sangue na urina.

Os alimentos preparados com cebola (fígado acebolado, por exemplo) e alimentícios industrializados com cebola na composição também devem ser evitados na alimentação do seu cãozinho.

No caso do alho, o alimento é seguro para os cães se em pequenas quantidades.

  • Chocolate

O chocolate não deve ser ingerido por cães devido à presença de um alcaloide derivado do cacau chamado teobromina.

Se ingerido em pequenas quantidades, o chocolate poderá causar mal-estar estomacal no seu pet; já em grandes quantidades, o alimento pode provocar espasmos musculares, convulsões, taquicardia, hemorragias internas e até ataque cardíaco.

Quanto mais puro o chocolate é, maior ameaça de intoxicação ao seu pet. No entanto, todo e qualquer chocolate para humanos não deve ser oferecido aos cães.

  • Carambola

A fruta apresenta elevadas quantidades de ácido oxálico insolúvel, que pode prejudicar os rins do seu melhor amigo canino.

  • Massa crua de pão ou bolo

O fermento presente na massa crua de pão ou bolo produzirá gases e álcool no trato digestório do cachorro. O animal sentirá dor e desconforto e, na pior das hipóteses, pode ocorrer o rompimento das vísceras devido à distensão.

Depois de bem cozida, a massa pode ser oferecida ao cãozinho, mas com moderação.

  • Nozes

Todo tipo de nozes, principalmente a macadâmia, são tóxicas para os cachorros, devido à presença de fósforo. O alimento pode provocar danos renais e vesiculares, vômitos, espasmos musculares e debilidade.

  • Uvas e passas

As uvas e as uvas passas também são tóxicas para os cães e podem causar insuficiência renal.


Reportar erro