Não sabe se seu cachorro tem verme? Saiba como identificar

Existem vários tipos, mas há cinco que são os mais frequentes, são eles: lombrigas, tênias, vermes do coração, amarelão e Trichuris trichiura


Cachorros podem sofrer com muitos problemas de saúde, mas um deles é bem comum em todos os animais, o verme. A verminose é uma doença que afeta qualquer pet, independentemente da raça, tamanho e idade.

Existem vários tipos, mas há cinco que são os mais frequentes, são eles: lombrigas (Nematoda), tênias (cestodas), vermes do coração (dirofilariose), amarelão (ancilóstomo) e Trichuris trichiura.

Porém, para descobrir se o animal está com algum desses vermes no corpo é preciso que o tutor leve-o para uma consulta médica ou que observe o comportamento e as características físicas do peludinho. No caso dos vermes de coração, este só pode ser identificado com exames veterinários. Já com relação aos demais, podem ser constatados com a observação dos sintomas.

Não sabe se seu cachorro tem verme? Saiba como identificar

Foto: depositphotos

Como saber se o animal está com vermes?

Um cachorro com verme apresenta alguns indícios de que o organismo não está bem, por isso que ficar atento ao comportamento do animal é importante. Isto porque, quanto mais cedo levar ao veterinário, melhor será para conseguir um tratamento adequado para o peludo. Entre os sintomas que merecem atenção estão:

1. Fezes muito moles, com vermes aparentes ou sangue

A diarreia é muito comum em animais que apresentam a verminose. Além deste problema, os cachorros que estão com esta condição também podem defecar os vermes vivos ou mortos, na maioria das vezes eles são brancos e parecem com grãos de arroz entrelaçados com as fezes. Outra característica preocupante é a presença de sangue no cocô, podendo ser um indicativo de amarelão.

2. Perda de peso e barriga inchada

Comer e não engordar pode ser um indicativo de tênia ou outro tipo de verme no organismo do cachorro, muitas vezes há ainda a perda de peso significativa, mesmo que o animal se alimente. Outra característica é a barriga inchada, que é bem comum em filhotes contaminados por vermes pela mãe no período gestacional ou na amamentação.

3. Pelo pálido e irritações na pele

Os sintomas provocados pelos vermes não se limitam a atingirem o organismo por dentro, mas também a parte externa do corpo, como pele e pelos. Animais doentes com vermes apresentam irritações na pele, que podem se tornar até feridas por coçarem muito. Além disso, o pelo pode ficar sem brilho e cair com frequência.

4. Vômito e perda do apetite

Estes dois sintomas são bem comuns quando o animal encontra-se com vermes, tendo em vista que há incômodo no sistema digestivo. Muitas vezes, o cachorro pode até provocar o vômito comendo mato. Após expelir o que estava incomodando, é possível ver vermes.

5. Baixa energia

Animais que são bem alegres, mas que andam tristes também merecem atenção. Esta baixa na energia pode ser indício de que os vermes estão afetando a vida do animal.

O que deve ser feito?

Diante das circunstâncias, o tutor deve levar o animal para o médico de forma imediata a fim de descobrir o real problema de saúde. Constatada a presença de vermes, o veterinário deve receitar medicamentos próprios para o caso do paciente. É importante ressaltar que a falta de cuidados pode levar o pet à ter complicações e até mesmo à morte.


Reportar erro