Meu cão está com edema testicular ou escrotal: como devo tratar?

Testículos são áreas sensíveis do cachorro e que por isso podem inflamar devido a vários fatores externos, como queimaduras e cortes


Infecções nos testículos dos cães podem surgir devido a muitos fatores, como um trauma, mordida, queimadura, contusão por alguma queda, dormir sobre uma superfície muito gelada ou quente demais.

Mas, o mais comum mesmo é ocorrer devido a machucados, cortes ou esfolação. Em todas estas situações, o animal acaba ficando irritadiço, devido as dores.

Outras possíveis causas são inflamações decorrentes da castração ou a orquite, o distúrbio deixa um ou ambos testículos duros e inchados. Levando em consideração todos os edemas que surgem nestes casos, a autora do livro “Primeiros Socorros para Cães e Gatos”, Amy Shojai, indica quais as principais medidas que precisam ser colocadas em prática após o reconhecimento do problema no cãozinho. Confira!

Meu cão está com edema testicular ou escrotal: como devo tratar?

Foto: depositphotos

Primeiros socorros para aplicar em casos de edema testicular no cão

Amordace o cachorro

É óbvio que a dor e o desconforto podem incomodar o animal ao ponto de que ele não permita ninguém mexer na região machucada. Para isso, ele pode ficar agressivo até mesmo com o tutor. Por esta razão, é ideal que o animal esteja amordaçado antes de qualquer outro procedimento. Neste caso, use uma focinheira que não machuque o focinho do seu amigo peludo.

Limpe a região afetada

Lave o local que esteja machucado, para identificar o que pode ter ocorrido com o pet. Para fazer isso, use um borrifador cheio de soro fisiológico ou só com água. Além disso, para facilitar a higienização da área, use um algodão ou gaze.

Use uma pomada adequada

Após descobrir o motivo para o inchaço nos testículos, você deve passar uma pomada adequada para o ferimento. Geralmente, quando o machucado é leve é indicado uma pomada antibiótica, evitando a inflamação. Já quando o ferimento é mais grave, é indicado levar o animal para uma clínica veterinária de confiança.

Coloque um colar elizabetano no cãozinho

Com a vida agitada que os tutores levam, é quase impossível vigiar o cachorrinho o dia todo, por isso é indicado o uso de um colar elizabetano. Este utensílio pode ser encontrado em qualquer petshop, em qualquer tamanho. O uso dele, nestes casos, é imprescindível, tendo em vista que o animal ao se ferir busca lamber a região machucada e sua saliva pode acabar prejudicando ainda mais o quadro. Com o colar, ele não vai alcançar a área afetada.

Atenção com o gelo

Alguns tutores podem achar apropriado colocar gelo ou compressas frias na área inchada, porém nem sempre os machucados respondem bem a baixas temperaturas e acabam piorando. Por isso, é melhor não arriscar e deixar os sacos de gelo de lado. Em qualquer dúvida, a melhor saída é procurar mesmo um especialista no assunto.


Informar erro