Mesmo debilitado, cão leva tutora ao altar durante casamento

Mesmo debilitado, devido a um tumor cerebral em estado avançado, o labrador Charlie conseguiu levar sua tutora até o altar para que ela casasse


Durante 15 anos de sua vida, a veterinária Kelly O’Connel viveu ao lado de seu labrador, Charlie Bear, recebendo todo o afeto, carinho e lealdade que faz os cães serem muito populares.

O cãozinho até mesmo teve um papel importante, já que foi graças a ele que Kelly decidiu ser veterinária.

Infelizmente, Charlie estava idoso, e após uma convulsão súbita, sua tutora descobriu que ele estava com um tumor no cérebro que já estava muito avançado.

As convulsões foram se tornando mais frequentes e o cão foi ficando cada vez mais debilitado. Tendo em vista todo o sofrimento pelo qual seu velho amigo passava, Kelly decidiu submetê-lo à eutanásia.

Porém, aos poucos as convulsões foram se amenizando, o que alegrou a todos já que Kelly estava a poucos dias de se casar. Foi como se o cãozinho estivesse se esforçando para ficar bem e ver sua tutora em seu ‘grande dia’.

charlie-no-casamento-de-tutora-mesmo-a-beira-da-morte

No dia da cerimônia, apesar de cansado, Charlie parecia um outro cachorro. Ele não parecia estar sofrendo com nenhuma dor e até mesmo parecia mais jovial. Ele então, acompanhou a noiva até o altar e ela não conseguiu conter as lágrimas.

kelly-nao-segura-lagrimas-ao-seu-cao-doente-a-levar-ate-o-altar

Apesar do esforço, ele não conseguiu voltar andando e teve que ser carregado por Kelly.

charlie-sendo-carregado-por-sua-tutora

Um pouco mais de uma semana depois, Charlie finalmente foi posto para dormir, rodeado por sua família.

 

 

Com informações de Hypeness


Reportar erro