Formas de tratar um edema na cauda do cachorro

Em muitos casos, uma cauda inchada não requer uma emergência médica, mas pode provocar grande desconforto e dores no cão


A cauda é uma parte do corpo do cachorro que constantemente está exposta à machucados e ferimentos. Elas podem sofrer contusões ao serem pisadas, ao ficarem presas debaixo de portas e cadeiras e até mesmo se picadas por insetos.

Em muitos casos, uma cauda inchada não requer uma emergência médica, mas pode provocar grande desconforto e dores no cão.

Buscando orientar os tutores na hora em que há algum edema na cauda do cão, o livro “Primeiros Socorros para Cães e Gatos”, da autora Amy D. Shojai, traz algumas dicas.

Edemas na cauda do cachorro

Formas de tratar um edema na cauda do cachorro

Foto: depositphotos

Contenha seu animal

Se o cão está sentindo fortes dores na cauda é possível que ele fique bastante agitado, mas isso pode ser algo que acabe piorando seu estado. Por isso, procure imobilizar o animal antes mesmo de examinar o edema.

Para cachorros de pequeno porte o ideal é colocá-los em cima de uma mesa na hora de examinar mais de perto o edema. “Segure-o com uma mão a pele solta na parte de trás do pescoço do seu animal – a pele da nuca – e, com a outra, prenda as duas patas traseiras. Estenda seu animal de lado, enquanto outra pessoa trata da cauda”, aconselha a autora.

Caso seu animal seja de grande porte, ajoelhe-se ao lado dele, coloque um braço em volta do seu peito, começando por baixo, e o outro em torno do pescoço, e abrace-o junto do seu peito. Procure mantê-lo calmo, falando tranquilamente com ele, enquanto outra pessoa examina o ferimento.

Procure o motivo

Alguns edemas necessitam que o pelo seja tosado para que seja possível detectar o problema. A melhor forma de realizar esse procedimento é com um tosador elétrico ou uma tesoura com pontas arredondadas, desde que a pele do animal esteja protegida. Coloque seus dedos indicador e médio dentro do pelo e coloque-os sobre a pele. Use a tesoura para cortar os pelos no nível dos dedos.

Aplique uma pomada calmante

Para reduzir a dor e a inflamação de esfolados ou irritações leves, espalhe uma pequena quantidade de pomada antibiótica à base de neomicina e bacitracina. Distraia o seu animal com um agrado, para que a pomada seja absorvida antes que ele tente lambê-la. Não use isto se a pele estiver rompida.

Se o edema for resultado de uma contusão ou de uma picada de inseto

Várias vezes ao dia, faça uma compressa de gelo por, aproximadamente, 20 minutos. Isso irá ajudar a reduzir o inchaço na cauda e ainda aliviará a dor.

Se a cauda estiver quebrada

Se o edema estiver muito feio, há uma grande possibilidade de existir algum osso quebrado. Nesse caso, a única coisa a ser feita é colocar o animal em um transportador para tentar protegê-lo durante o percurso até o veterinário.


Informar erro