Fique sabendo: cachorro pode comer arroz?

O arroz pode ser divido em dois tipos, o branco e o integral. Ambos são nutritivos,porém este último é mais rico em vitaminas, minerais e outros nutrientes


Um dos questionamentos mais comuns e que levanta um debate profundo entre os tutores é a decisão sobre qual a melhor opção de alimento para os pets.

Isto porque, a ração e a comida caseira são as duas alternativas mais utilizadas nas refeições dos cães, mas são exatamente elas que dividem as opiniões.

Enquanto alguns tutores afirmam que as rações são feitas com produtos industrializados e repletos de produtos químicos em suas composições. Outros defendem o uso deste produto como a melhor alternativa, argumentando que as refeições caseiras não conseguem suprir todas as necessidades nutricionais dos animais.

Até mesmo os veterinários se dividem, pois alguns acreditam que a ração possui todos os nutrientes que o animal precisa e outros afirmam que é possível planejar uma alimentação natural baseada nas necessidades do pet. E um dos alimentos caseiros que ganha bastante evidência nestas discussões é o arroz, por ser um dos mais utilizados.

Fique sabendo: cachorro pode comer arroz?

Foto: depositphotos

Mas afinal, o cachorro pode ou não comer arroz?

O arroz é um alimento que pode ser divido em dois tipos mais comuns, o branco e o integral. Ambos são nutritivos, porém este último é mais rico em vitaminas, minerais e outros nutrientes importantes ao organismo dos seres vivos. Desta forma, trata-se de um alimento benéfico e que pode ser introduzido nas refeições dos cães, respeitando algumas recomendações de preparo.

Mesmo sendo uma boa opção de alimento canino, o arroz pode causar reações inesperadas no organismo do cachorro devido a forma de preparo.

Por exemplo, se o tutor tempera o grão com sal e cebola, ele pode colocar a saúde e a vida do pet em risco. Isto porque, enquanto o sal é um tempero que pode prejudicar a qualidade de vida do cãozinho, a cebola pode causar anemia e até a morte do animal por intoxicação.

Desta maneira, a forma mais indicada de oferecer arroz ao cachorro é preparando o alimento sem a adição de nenhum tempero. Caso abra uma exceção ao sal, que seja uma quantidade mínima para não prejudicar a corrente sanguínea e nem o funcionamento do coração do animal. Além disso, a melhor opção é o integral, pois ele não passa pelos processos de refinação que o branco é submetido, perdendo a maioria das suas propriedades.

Utilidades do arroz

Vale ressaltar que o arroz pode ser adicionado nas refeições do cachorro, porém ele não pode ser o único ingrediente. Combinado com a ração ou com outros alimentos indicados pelo médico veterinário, torna-se uma excelente alternativa para quem deseja incrementar a alimentação do peludo.

Mas, além do grão propriamente dito, a água que escorre dele após o preparo também é extremamente rica e pode ser usada para alimentar um cão que não consiga comer refeições sólidas ou pastosas. Além disso, o arroz é também uma ótima opção para os animais que estão com problemas digestivos, a exemplo da diarreia.


Reportar erro