Em seu último dia de vida, beagle ganha mimos de sua família

Além de ganhar suas comidas preferidas, ela ainda ganhou um passeio de carrinho, já que estava impossibilitada de andar


Apesar do amor e das boas lembranças serem eternas, aqueles que amamos não vivem para sempre. Um dia todos vamos morrer e isso também inclui os nossos amados cãezinhos. Recentemente, o americano Victor Flores e sua família precisaram se despedir de sua cadelinha e decidiram lhe dar uma despedida digna.

A beagle, de 13 anos, chamada Daisy havia rompido um disco da coluna. Por sua idade muito avançada, a cadelinha não podia passar por uma cirurgia.

Devido a esse problema, a cadelinha não conseguia mais andar e sentia muitas dores. Seus tutores então, decidiram sacrificá-la para acabar com seu sofrimento.

A tutora de Daisy, Shannon Adams, que vive em El Paso, no estado do Texas, ligou para o seu filho, Victor, que mora na capital do mesmo estado, Austin, avisando sobre a decisão da família sobre a cadelinha. O jovem então pegou a estrada e foi até a casa da mãe para passar o último dia com sua cadelinha. A distância de uma cidade para a outra é de mais de 500 milhas, que equivale a cerca de 800 quilômetros.

cadela-daisy

Fotos: Reprodução/ Twitter/ Victor Flores

“Nós pegamos Daisy quando ela tinha apenas 8 semanas de idade no natal de 2003,” contou Victor ao KFOX14. “Ela foi o primeiro cãozinho da família. Daisy amou a todos e todos a amaram.”

Para que a cadela pudesse ter um dia inesquecível, ela ganhou todas as suas comidas favoritas. Ela comeu bacon no almoço, um frango inteirinho e carne com legumes no jantar.

cadela-daisy-almocou-bacon frango-que-foi-o-jantar-de-daisy ultimo-jantar-da-cadelinha-daisy

Como ela estava incapacitada de se movimentar, sua família a levou para passear em um carrinho.
daisy-indo-passear-em-carrinho

No dia seguinte Daisy foi até o veterinário e foi posta para dormir. Victor postou em seu Twitter várias fotos mostrando como foi o último dia de Daisy e a postagem rapidamente viralizou recebendo mais de 300 mil curtidas.

“Eu fico feliz que a história de Daisy tenha atingido tantas pessoas. Eu acho que fiz todos darem dar um abraço em seus cães,” contou Victor.

 

Com informações de KFOX14


Reportar erro