Doenças causadas por carrapatos nos cães

Os carrapatos são aracnídeos parasitas que se alimentam do sangue do seu hóspede e podem transmitir graves doenças


Os cães são alvos fáceis para os carrapatos, já que costumam estar em locais que os deixam expostos a estes parasitas, como, por exemplo, parques, campos, quintais e até sala de espera do consultório veterinário.

Além de provocar um grande incômodo e coceira no cão, a infestação por carrapatos pode transmitir várias doenças sérias – muitas vezes fatais – ao seu animalzinho de estimação.

O perigo dos carrapatos para os cães

Os carrapatos são aracnídeos parasitas que se alimentam do sangue do seu hóspede, podendo viver no seu corpo durante vários dias.

Doenças causadas por carrapatos nos cães

Foto: depositphotos

As fêmeas de algumas espécies de carrapatos chegam a consumir mais de 8 ml de sangue cada uma e, em alguns casos, os cães podem morrer devido à grande perda de sangue ou por se tornarem vulneráveis a outros doenças.

Os carrapatos também são muito perigosos para o nosso cachorro porque, em seu interior, podem sobreviver várias bactérias e germes que passarão para o nosso animal de estimação.

As doenças transmitidas pelos carrapatos

Os carrapatos podem transmitir várias doenças aos animais e aos seres humanos, sendo que algumas são realmente graves e até fatais. Dentre as mais comuns podemos citar as seguintes:

Babesiose canina

A babesiose canina é uma grave doença causada pelo protozoário Babesia canis. A doença causa infecção dos glóbulos vermelhos dos cães e uma severa anemia, que pode danificar o fígado, os rins e o baço.

O primeiro sintoma desta enfermidade é uma febre de mais de 41°C. O cachorro também apresentará falta de apetite, vômitos, diarreia e problemas respiratórios.

Em alguns casos, a doença causa sintomas neurológicos e os animais morrem em quatro dias.

Erliquiose canina

Transmitida pela picada do carrapato Rickettias, esta doença produz vários sintomas, desde sangramento nasal, febre de até 40,5ºC até a supressão do sistema imunológico.

O carrapato parasita os glóbulos brancos do sangue, levando à sua destruição. O diagnóstico desta enfermidade é feito por meio de exames laboratoriais.

A erliquiose canina também é grave e deve ser prevenida por meio do controle da infestação por carrapatos.

Febre maculosa

De gravidade variável, a febre maculosa é uma doença febril aguda, causada por uma bactéria transmitida por carrapatos. Causa sintomas como febre alta, rigidez, dificuldade para respirar, vômito, diarreia, edemas nas patas e no focinho, sangramento nasal, na urina e nas fezes.

Esta doença pode ser muito grave e há registros de sequelas e casos fatais.

Doença de Lyme

Também conhecida como borreliose canina, esta infecção é transmitida por carrapatos aos cachorros e seres humanos.

Para transmitir a doença, o carrapato precisa sugar de 12 a 24 horas, podendo levar ao acometimento de diversos órgãos, incluindo a pele, o sistema nervoso, o coração e as articulações.

Nos cães, os sintomas mais comuns incluem dor articular aguda, letargia e febre.

Como prevenir as infecções por carrapatos?

Como você pôde ver, os carrapatos representam um verdadeiro perigo à saúde do seu animal de estimação. Mas, como evitar que este aracnídeo parasita transmita doenças ao meu cachorro? Para evitar este tipo de problema, siga estas recomendações:

  • Use produtos para prevenir carrapatos indicados pelo médico veterinário;
  • Sempre revise o pelo do seu amigo canino;
  • Se o seu cão apresentar quaisquer sintomas, tais como febre, falta de apetite, diarreia ou vômitos, leve-o ao veterinário imediatamente.


Reportar erro