Dachshund

Conheça a raça chamada Dachshund ou salsichinha e saiba tudo sobre sua personalidade, características físicas e cuidados com a saúde


O Dachshund (Dachs hund, do alemão, significa cão texugo) é um cachorro também conhecido como Teckel, Basset, Cofap ou, popularmente, como salsichinha. Da família dos Terrier, ScentHound e Dachshund, o cão dessa raça tem origem alemã, e tinha como função principal controlar os texugos.

As primeiras evidências da raça foram encontradas datadas do século XVI, referindo-se à um cão escavador que era baixo e possuía pernas curtas.

Características físicas

O cão dessa raça é bastante baixinho e comprido – membros curtos, corpo alongado e com musculatura firme e sólida – e sua coloração é unicolor castanho avermelhado, amarelo, bicolor preto ou marrom com manchas castanhas e amarelas ou ainda tigrado ou manchado em preto, cinza ou avermelhado. Seus olhos são castanhos e a pelagem curta. O cão pode ser miniatura (com até 20 cm de altura, pesando entre 4 kg e 5 kg) ou standart (entre 26 cm e 28 cm de altura, pesando entre 7 kg e 15 kg).

dachshund

Foto: depositphotos

Existe a variação mais peluda, tendo nesse quesito três tipos: o pelo curto, o pelo duro e o pelo longo. Seu olfato é bastante aguçado e, por isso, é um bom caçador, principalmente de animais de toca. Vive entre 12 e 14 anos, em média, quando bem cuidado.

Características comportamentais

O cão dessa raça é repleto de energia e adora brincadeiras, portanto é muito importante, como em todos os cães, dedicar um tempo à ele diariamente. Brinque muito e faça caminhadas para gastar sua energia. Ele faz amizade relativamente fácil com outros cães e animais, mas é pouco amigável com estranhos. É um cão protetor, fiel e apegado ao dono e, por isso, é um excelente cão de guarda, avisando quando algo está errado.

Pode ser treinado com um pouco de paciência, é bastante inteligente, companheiro e um ótimo cão de companhia. Curioso e bastante corajoso, o cão é bastante independente e se dá bem com crianças, sendo fiéis e apaixonados por seus donos.

Cuidados

O cão é tolerante ao frio e ao calor, mas não deve ser exposto às situações extremas de nenhum dos climas. Exige poucos cuidados com a higiene e pode se adaptar à vida em apartamentos, mas ainda exige brincadeiras e caminhadas. O pelo curto deve ser escovado uma vez por semana, enquanto o pelo duro e o pelo mais longo, entre 1 e 3 vezes na semana.

Pode apresentar doença do disco vertebral, olho seco, diabete, epilepsia, luxação da patela, surdez e torção gástrica, mas não são comuns. A obesidade, no entanto é um grande problema para o cão dessa raça, por isso é preciso controlar a sua alimentação.

É comum encontrarmos tutores de cães dessa raça queixando-se de não conseguir receber visitas, pois o cão é bastante protetor e tende a mostrar agressividade com pessoas que não conhecem. Por isso, o cão deve ser adestrado desde filhote e acostumado à presença de estranhos.

Corte sempre a unha de seu cão e evite dar muitos banhos – 1 a cada 15 dias, em média -, pois o cão Dachshund costuma ter muitos problemas de pele. Quando adotar um filhote, não o pegue pelas axilas, pois isso pode prejudicar o desenvolvimento dos membros dianteiros. Esse cão também não deve fazer uso de coleira peitoral quando filhote, pois isso pode, também, causar problemas no desenvolvimento de suas patinhas.

 

Confira galeria de fotos:


Informar erro