Cão do exército reencontra antigo parceiro militar de guerra após 3 anos

Cão e soldado atuaram durante conflitos armados no Afeganistão, em 2012


Não é fácil para muitos homens despedir-se de seus parceiros de guerra, mas para o especialista do Exército Norte-Americano, Vance McFarland, a situação foi ainda mais difícil. Após lutarem juntos no Afeganistão, em 2012, ele teve que se separar de Ikar, um cachorro tático de detecção de bombas. Quando eles voltaram em setembro do mesmo ano, o cão simplesmente foi tirado dele.

McFarland passou esses três anos em busca de seu amigo. “Nós trabalhamos juntos por um longo tempo. Nós éramos realmente próximos, e então foi assim, eles o levaram embora.”, disse o soldado. Ikar foi levado, junto com mais dez outros cães, para uma companhia de contrato privado, que os colocou no canil de Mt. Hope, em Richmond, no estado da Virgínia.

Cão do exército reencontra antigo parceiro militar de guerra

Foto: Kristen Maurer, Mission K9 Rescue

Foi então que Kristen Maurer, presidente do Missão de Resgate K9 (Mission K9 Rescue, em inglês), entrou na história. Essa é uma organização sem fins lucrativos dedicada a retirar cães militares aposentados de companhias privadas e garantir sua adoção. Foi o que aconteceu com Ikar. Eles divulgaram fotos dos cachorros e chamaram os membros do Exército para reconhecer.

McFarland diz que acordou em um dia qualquer e seu Facebook estava repleto de mensagens perguntando se Ikar era o cachorro dele. Quando recebeu a proposta de adotá-lo, não pensou duas vezes. E assim, na tarde da quinta-feira (20), eles finalmente se reencontraram numa reunião emocionante.

Agora, Ikar vai viver junto ao seu velho parceiro, a esposa de McFarland e ainda mais dois outros cachorros. Sobre a vida de agora em diante, o soldado afirma que “ele [o cão] vai viver o resto da vida sendo mimado. Realmente mimado”, finaliza. Confira no vídeo abaixo:


Reportar erro