Cachorros podem perder a confiança em pessoas que mentem

Cães possuem uma inteligência social bem maior do que a imaginada pelos tutores, eles interpretam gestos e fazem leitura corporal dos humanos


Já ouviu um ditado que diz: “Não confio em pessoas que não gostam de cachorro, mas confio totalmente num cachorro quando ele não gosta de uma pessoa.”?

O ditado agora virou realidade, pois de acordo com pesquisadores da Universidade de Kyoto, no Japão, os cães conseguem identificar quando pessoas estão mentindo, mesmo quando a mentira não lhes atingem.

O fato é que os cachorros possuem uma inteligência social bem maior do que a imaginada pelos tutores, tendo em vista que além de interpretarem os gestos e fazer uma leitura corporal dos humanos, os pets também perdem a confiança em quem mente para eles.

Você sabia? Cachorros podem perder a confiança em pessoas que mentem

Foto: depositphotos

Para os animais que se comportam assim, se são enganados uma vez a culpa é dos humanos, se são enganados a segunda a culpa é deles por terem acreditado novamente no mentiroso da história.

Pesquisa realizada pela Universidade de Kyoto

O estudo feito pelos pesquisadores levaram em consideração três situações de uma brincadeira. Na primeira situação, uma pessoa indica o lugar correto onde um brinquedo está.

Em outra ocasião, a mesma pessoa mente para o animal a respeito do lugar e ele acredita, descobrindo portanto a mentira. Na terceira tentativa, o “mentiroso” aponta novamente um determinado local, mas desta vez o pet não acredita.

Para concretizar o estudo e obter os resultados, uma nova pessoa é colocada em cena e ela indica a localização do brinquedo. Esta, que nunca mentiu para  animal, é ouvida por ele e o mesmo acredita. Desta forma, os pesquisadores descobriram que não precisa de muitas mentiras para alguém perder a confiança do animal, basta apenas uma falsa verdade.

O que a mentira interfere na vida do pet?

Mesmo com as evidências, têm tutores que acabam contando algumas mentiras para o cachorro. Por exemplo, dizer que vai passear, mas na verdade vai levá-lo ao veterinário. Esta e todas as outras mentiras, por menores que sejam, podem influenciar no comportamento do animal e gerar um conflito na relação dentre cão e tutor.

Desta maneira, o cachorro pode ficar desobediente por acreditar que você vai mentir para ele todas as vezes, pode haver um conflito de comandos, tendo em vista que o animal pode achar errado você ser o líder por ser mentiroso.

Sendo assim, a dica é não mentir para o animal. Ou seja, mesmo que o animal não goste de tomar banho e seja difícil levá-lo até o petshop ou até a área de banho em casa, conte a verdade.

Não diga que vai passear, brincar ou realizar qualquer atividade positiva pra o pet, se na verdade vai colocar em prática algo que ele não gosta. Ter uma relação de confiança com o cachorro, é a melhor forma de viver em harmonia com o melhor amigo do homem.


Reportar erro