Bater em animais: tipo de repreensão que deve ser evitado

A violência física pode causar susto ou medo no seu animal de estimação, mas não é um método eficaz para educá-lo e deve ser evitado


Infelizmente, muitos tutores de cães e outros animais de estimação ainda acreditam que punir com castigos físicos é sinônimo de efeitos positivos na educação do pet. Mas isto não é verdade!

Durante muitos anos, o castigo físico foi utilizado como uma maneira de direcionar os cães às atitudes corretas, mas, com o decorrer do tempo, este tipo de “técnica de repreensão” foi considerado violento e equivocado. Os comportamentos indesejados do seu animal de estimação devem, sim, ser repreendidos, mas sem violência.

Os motivos pelos quais você nunca deve bater no seu pet

Existem maneiras muito mais eficazes de educar o cachorro do que a violência. Acredite, você conseguirá uma melhor convivência com os seus animais de estimação se fizer uso de ferramentas como o bom trato, o amor e paciência.

bater-em-animais-e-uma-tecnica-de-repreensao-a-ser-evitada

Foto: depositphotos

Nem as “palmadinhas leves” devem ser utilizadas para repreender o seu cãozinho. A seguir, saiba porque você nunca deve bater no seu pet:

  • Bater não corrige o mau comportamento

Bater não vai corrigir o comportamento indesejado do seu animal de estimação. A violência física pode causar susto ou medo na hora, mas não é um método eficaz, pois não garante o entendimento do pet sobre a repetição ou não do que causou a agressão. O animal que se sente intimidado pelo seu tutor nunca poderá assimilar corretamente uma ordem ou compreender o que esperam dele.

  • Bater pode causar danos irreparáveis

Bater no seu pet pode causar traumas físicos e psicológicos. A força desmedida utilizada na hora do nervosismo, aliada a delicadeza da anatomia do seu animal de estimação, pode machucá-lo bastante. Mesmo os tapinhas que parecem “inofensivos” podem machucar. Além disso, um cãozinho que recebe castigos físicos se torna fugidio, agressivo, temeroso e se sente indesejado, principalmente quando não entende o porquê do castigo.

Bater em animais só faz com que eles tentem fugir, agredir o tutor ou outras pessoas e expressar frustração e ansiedade, desenvolvendo comportamentos como urinar em locais inadequados, destruir objetos etc.

Educar com amor

Para educar o seu cachorro de maneira eficaz, use o reforço positivo aliado ao afeto que você tem pelo seu melhor amigo peludo. O que você pode fazer para que o seu animal de estimação aprenda algumas regrinhas básicas de comportamento? Premie os bons comportamentos e ignore os maus.

Quando o seu pet responder a uma ordem que você lhe deu, ofereça a ele um petisco, acaricie-o e expresse o quanto está orgulhoso de seu aprendizado. Lembre-se também que, quanto mais cedo começar a treinar – com amor e respeito! – o seu animal de estimação, mais fácil ficará a convivência entre vocês.


Reportar erro