Suor canino: Como os cachorros transpiram?

Você já deve ter presenciado incontáveis vezes a cena do cão com a boca aberta com a língua para fora. Essa é a forma que o cachorro usa para ‘transpirar’


Você já deve ter presenciado incontáveis vezes a cena de um cão com a boca aberta com a língua para fora. A maioria das pessoas associam isso a cansaço. Mas essa também é a maneira que o cachorro usa para “transpirar”.

No corpo humano, as glândulas sudoríparas são as responsáveis por regularem a temperatura. Isso é o que ocasiona o suor na pele, trazendo um certo “resfriamento” enquanto a água vai evaporando.

Nos cães, esse controle da temperatura acontece a partir da boca. Eles costumam ficar mais ofegantes e com a língua para fora em dias mais quentes ou depois de exercícios, já que é através dela que eles “transpiram”.

Mas não é exatamente suor que sai da língua do cachorro. Os cães não possuem as glândulas sudoríparas como os humanos. A cada respiração ofegante do animal, ele expulsa o ar quente enquanto respira um mais frio.

Suor canino: Como os cachorros transpiram?

Foto: Depositphotos

A transpiração também acontece a partir das “almofadinhas” das patas e pelo focinho. Mas como o primeiro fica em constante contato com o chão, isso acaba acontecendo em menor escala comparada com a língua.

Cuidado com dias quentes

Os cães podem até suar de forma diferente da dos humanos, mas tem uma coisa entre os animais e pessoas que muito se assemelha: o calor em excesso pode vir a ser algo extremamente prejudicial à saúde.

Se o dia for muito quente, o cão estiver mais ofegante que o normal e se recusando a se exercitar, mesmo com coisas simples como uma simples caminhada, fique atento, pois isso pode ser um sinal de uma hipotermia e, consequentemente, uma insolação.

Caso isso ocorra o ideal é levar urgentemente o animal em um veterinário. Mas provisoriamente procure manter seu cão resfriado, dando água para ele, molhando o focinho com um pano úmido ou até mesmo um banho frio por completo. Evite o uso de pedras de gelo, pois isso pode ocasionar queimaduras na pele do cachorro.


Reportar erro