Saúde do golden retriever: doenças e cuidados básicos

A popularidade do golden resultou na procriação descriminada, isto é, alguns animais de estimação suscetíveis à doenças hereditárias. Saiba mais!


Em inglês, golden retriever significa “dourado que recolhe”, unindo duas características desses cães, uma física que é a cor e a outra instintiva que é a caça. De porte atlético, esses cães são bem ativos e espertos, adoram brincar e fazer exercícios com seus tutores. Obedientes, amáveis, carinhosos e bastante inteligentes, os cachorros dessa raça estão ganhando cada vez mais a confiança dos lares e o coração das pessoas.

Assim como todo cão de raça, o golden é resistente. Porém, conforme o aumento de sua popularidade a procriação ficou descriminada, o que resulta em alguns animais de estimação suscetíveis a doenças hereditárias. É preciso, portanto, averiguar quais são os pais do filhote que será adotado para garantir que esse tenha mais chances de ter uma vida saudável. Além disso, o tutor deve ter alguns cuidados para manter o cãozinho bem.

Doenças comuns em golden retriever

Algumas doenças, geralmente, acometem animais da raça golden retriever. Entre elas pode-se citar: displasia coxo-femural, dermatite úmida aguda, piodermite, atrofia progressiva da retina e catarata. Desses problemas de saúde alguns são desencadeados pela má higienização do animal e outras estão relacionada a hereditariedade.

Saúde do golden retriever: doenças e cuidados básicos

Foto: Pixabay

Displasia coxo-femural ocorre pela má formação das estruturas articulares havendo luxações nas áreas afetadas. Além do fator genético, um animal pode desenvolver essa doença através de lesões provocadas em pisos lisos ou em declínio, por sobrecarga de exercícios etc.

A dermatite e a piodermite são problemas que afetam a pele e os pelos dos animais. A primeira pode ser causada pela má higienização ou escovação da pelagem, facilitando o surgimento e o desenvolvimento de potenciais germes que ao se proliferarem no corpo provocam coceira intensa e assim feridas. Já a segunda é desencadeada por processos alérgicos, descontrole endócrino e imunológico.

Atrofia progressiva da retina e catarata são doenças graves que podem levar o cão à cegueira total. Quanto mais cedo o veterinário for consultado, mais chances de cura o animal terá.

Cuidados essenciais

Antes de adotar ou comprar um golden, certifique-se que a linhagem de onde ele vem é saudável. Caso não seja, a atenção com a saúde do pet deve ser redobrada. Assim como todo cachorro, ele precisa visitar regularmente uma clínica veterinária. Mais precisamente duas vezes ao ano ou quando se fizer necessário.

Além disso, o tutor deve está atento as necessidades do animal, o quanto de exercício é preciso para não extrapolar e nem deixar de fazer. Dar banho, secar e escovar os pelos com regularidade, não permitindo o surgimento de problemas de pele. Essas medidas somadas a uma relação de amor e carinho com o peludo, você consegue transformar a vida do seu golden em momentos de felicidades e prazeres, como todo cachorro merece ter.


Reportar erro