Colírio para cachorros: como aplicar

Cachorros também ficam com os olhos irritados ou podem ter conjuntivite. Para isso, existem os colírios para os caninos


Assim como as pessoas, os cachorros ficam com os olhos irritados ou podem ser afetados por conjuntivite, principalmente em dias de tempo mais seco. Existem cães que possuem problemas com olhos secos e precisam, inclusive, de cuidados constantes nesse quesito.

Para isso, existem os colírios para cachorro, mas que devem ser usados somente com prescrição e orientação do médico veterinário.

Como aplicar o colírio em cachorros passo a passo

  • O primeiro passo é, certificar-se de que está com tudo que vai precisar para a aplicação em mãos. Desde o colírio, soro fisiológico, algodão, toalha até qualquer outro produto e/ou equipamento indicado pelo médico veterinário. Isso porque manter o pet no local sem que seja necessário somente vai deixá-lo mais estressado. Leia atentamente as instruções e memorize para não fazer nada de errado. Leve em consideração indicações como número de gotas e agitação do produto, por exemplo. Lave bem suas mãos.
  • Abrace o animal para deixá-lo protegido e evitar fugas e, se for fazer isso no chão, prenda-o entre seus joelhos para que ele não escape no meio da aplicação. A mesa é uma boa ideia para ter uma altura ideal para abraçar o pet. Nesse caso, forre com algum material.
  • Certamente acalmar o cão e conversar muito com ele é o próximo passo. Isso vai garantir que ele esteja distraído e não se importe tanto com a aplicação. Faça cafuné e o leve para um local adequado, que deve ser bastante tranquilo. É o mesmo procedimento, basicamente, de dar injeção em uma criança.
  • Para abrir os olhos do pet, segure o queixo com a palma das mãos e, com o polegar, puxe a pálpebra, segurando o colírio com a outra mão. Se houver acúmulo de muco e secreção, é importante limpar antes com o algodão e solução fisiológica. Depois disso, abra os olhos do seu pet mantendo sempre a cabeça firme. Incline a cabeça do cão para trás para não escorrer o colírio. Com a outra mão, pingue o colírio.
  • Aplique as gotas necessárias de forma rápida e ágil, minimizando o sofrimento do cão e para que ele não pisque durante a aplicação. Depois solte-o para que ele possa piscar e o medicamento ser absorvido totalmente. Elogie e faça carinhos, pois ele deve ver isso como algo associado à recompensa, e não a algo ruim.
Colírio para cachorros: como aplicar

Foto: Reprodução/ internet

Cuidados

É importante tomar cuidado com a quantidade de gotas e estar atento se o medicamento caiu mesmo dentro do olho. Nunca brigue com seu cão se ele estiver assustado. Você deve acalmá-lo.

Se achar melhor, peça ajuda de alguém com mais experiência ou que possa segurar o cão enquanto você faz a aplicação. Recomenda-se, inclusive, que se você nunca tiver feito isso antes, tenha ajuda de alguém, pelo menos nas primeiras vezes, evitando possíveis acidentes.

É normal, também, não sentir-se seguro com a aplicação do medicamento. Se você não se sentir seguro para fazer isso, não tem nada de errado em pedir ajuda para um profissional da área da saúde dos cães.


Reportar erro