Raças de cães para idosos 

É comum ouvir que cães ideais para os idosos são aqueles de menor porte, mas isso é muito relativo, pois, quando vamos adotar, os animais é que nos escolhem


Os animais têm a capacidade de amar os seus donos e serem fieis a eles, independentemente de tamanho, idade ou raça. Porém, é bem verdade que para cada momento da nossa vida um cãozinho parece ser ideal.

Quando crianças, por exemplo, um pet mais calmo e menos ativo é o mais indicado para evitar acidentes com os bebês. Já os melhores companheiros para os adolescentes são os cães animados, energéticos, que gostam de brincar o tempo todo. Já no caso dos adultos, os que conseguem aprender mais rapidamente a rotina e se adaptá-las são os mais preferíveis.

Mas, e para os idosos, qual a melhor opção?

Raças de cães para idosos

Foto: Reprodução/ internet

Filhotes x adultos

Por não conseguirem se defender, os filhotes tendem a dar mais trabalho. Demoram um longo tempo para se adaptarem ao novo espaço, têm que aprender onde devem e não devem fazer as necessidades fisiológicas, choram por falta da mãe e dos irmãos, entre outras situações comuns para cães nascidos há pouco tempo.

Já os adultos sabem fazer todas essas atividades e o idoso não precisa ter que ensiná-los. São mais visíveis e, por essa razão, os senhores e senhoras conseguem desviá-los e assim não tropeçam nos peludos. Sendo assim, são excelentes para conviver com pessoas de terceira idade. Há também os cães idosos, que geralmente possuem o mesmo pique que um ser humano nas mesmas condições. Tranquilos, sociáveis e pacientes.

Raças que melhores se dão com idosos

É comum ouvirmos que os cães ideais para os idosos são aqueles de menor porte, mas isso é muito relativo, pois, quando vamos adotar, os animais é que nos escolhem. Mas, com relação as raças, algumas são mais preferíveis, pois são melhores para transportar, dar banhos, gastam menos com ração e até com remédios. São elas:

-Boston terrier;
-Pug;
-Poodle toy;
-Schnauzer;
-Maltês;
-Yorkshire terrier;
-Bichon frise;
-Shih tzu;
-Chihuahua;
-Pequinês.

Importância de ter um cão

Ter um cachorro é ter que cuidar de uma vida, um ser que é totalmente dependente de você. Essa relação para os idosos é bastante saudável, pois alimenta nos senhores e senhoras da terceira idade a função de ainda ser “útil”.

Além disso, o cão é uma ótima companhia. Essencial para as pessoas que insistem em viver sozinhos, pois, além de estar sempre com eles podem servir como um “alarme” se algo de errado ou ruim acontecer com seus tutores.

Atenção

Jamais dê um cachorro de presente sem que a pessoa saiba que irá ganhar. Esse é um dos grandes motivos de devolução dos pets. É preciso ter o aval da pessoa que vai receber essa vida, sem ele a adoção não é possível. Ao invés de proporcionar benefícios, vai ocorrer mais problemas.


Reportar erro