Personalidade e temperamento do pug

Filhotes, ao contrário dos adultos, são bastante receptivos e brincalhões


O pug tem origem oriental e, segundo muitos historiadores, é proveniente da China, onde cães similares já podiam ser encontrados por volta de 1700 a. C. Com as grandes navegações no século XVI chegaram a Europa e se tornaram queridinhos por estar presentes constantemente na corte de Napoleão. Josefina, sua esposa, tinha um pug do qual era inseparável. Também eram queridos pelos nobres simbolizando a riqueza e a ostentação.

Características de personalidade

Descrito constantemente como um cão aristocrata, o pug não se dá ao trabalho, normalmente, de fazer festas para os que chegam, mesmo quando muito apegados aos donos. Mas justamente por serem muito “grudados”, não se habituam a longos períodos sozinhos.

Personalidade e temperamento do pug

Foto: Pixabay

Sem ter o hábito de latir, o pug não é considerado um bom cão alarme, mas seu latido é rouco e curto. O cão não gosta muito de atividades físicas, mas como qualquer raça, isso é necessário. Prefira horários mais frescos para isso.

Não se trata de um cão de matilha, mas ele relaciona-se bem com os outros cães. Posicionado na 53ª posição entre as raças pesquisadas quanto à inteligência, publicado no livro “A Inteligência dos Cães”.

Os filhotes, ao contrário dos adultos, são bastante receptivos e brincalhões, cheios de energia. É preciso estabelecer limites claramente desde cedo, pois caso contrário o dono pode acabar virando refém do pet.

A raça é considerada uma das mais dóceis, e é perfeito para a família que quer ter um grande companheiro. Normalmente, elegem uma pessoa da casa e a seguem como sombra por todos os lados. É amigável mesmo com pessoas de fora, normalmente abanando o rabo e pedindo carinho para todos.

Apesar de inteligente, o cão pug é difícil de ser treinado, pois é uma raça bastante teimosa. Mas com paciência, dedicação e bastante reforço positivo, o cão vai aprender facilmente o que você deseja ensinar.

Cuidados necessários

É importante escovar o cão e mandar para o banho, mas por ter pelo curto, deve tomar banho uma vez ao mês. É preciso, no entanto, tomar muito cuidado com as rugas, mantendo sempre a área limpa.

Os cães da raça pug têm problema com a obesidade por serem comilões, e isso pode causar problemas na coluna. É preciso fornecer ração de qualidade e na quantidade adequada. Os cães também estão bastante expostos às dermatites, principalmente quando estão em ambientes muito quentes ou quando não são bem secos.


Reportar erro