Labrador

Paciente, carinhoso, companheiro e carente. Esta raça é ideal para quem tem muito amor para dar


Os cães da raça labrador estão mais populares a cada dia que passa. É possível encontrá-los desenvolvendo atividades como cães-guia, cães de salvamento e resgate, além de excelentes cachorros de companhia.

História da raça

Não se sabe ao certo quando a criação de labradores teve início, mas tudo leva a crer que se trata de uma raça razoavelmente nova, com origem canadense – mais especificamente de uma ilha chamada labrador. Utilizaram-se cães da raça terra nova para originar um cão com resistência e pelagem ideais para auxiliar os pescadores na recuperação de redes e peixes. A ilha tinha uma grande concentração de irlandeses e ingleses, que prontamente se apaixonaram por aqueles animais trabalhadores e brincalhões ao mesmo tempo. Quando as atividades para os labradores foram diminuídas, a tendência era de que a raça entrasse em extinção, mas um grupo de labradores acabou sendo levado para a Inglaterra, onde criadores trabalharam na disseminação da raça.

Padrão temperamental

O labrador é, certamente, um dos cães mais amáveis que se pode conhecer. É extremamente paciente, carinhoso, companheiro e carente. Sofre com ausências prolongadas de sua família, e vive melhor dentro de casa, em convívio direto com seus donos. Já ouviu histórias sobre cães que adoecem quando os donos viajam? Pois é, um labrador se enquadra perfeitamente nelas.

Muito ativo e brincalhão, jamais dispensa uma bolinha jogada ao longe ou qualquer convite para a diversão, parecendo ser praticamente incansável. Dá-se bem com outros cães e até mesmo animais de outras espécies, como gatos. Não pense em se livrar do seu amigo labrador pela chegada de um novo membro na família, os cães dessa raça são extremamente adaptáveis e receptivos.

São protetores e cuidadosos por natureza, zelando sempre pelas pessoas de seu convívio. Ainda é considerado um cachorro extremamente inteligente, o que o torna facilmente adestrável, aprendendo rapidamente comandos básicos e até mesmo os mais complexos. Possui muita energia, a qual deve ser gasta em passeios diários, ou você correrá o risco de ver seu cão gastar a energia acumulada destruindo móveis e objetos.

Labradores adoram crianças

De fato, os cães desta raça se dão muito bem com adultos, mas adoram mesmo é brincar e se divertir com as crianças.

Se há uma raça que ama crianças é a raça do labrador, esta raça interage totalmente com crianças a fim de ganhar carinho e fazer muita bagunça. Dessa forma, se a ideia for ter um companheiro para os seus filhos, o labrador é uma das opções mais recomendadas por criadores.

De um modo geral, os labradores possuem o instinto certo e sabem que devem apenas lamber ou brincar de forma tranquila. O único cuidado é não deixá-los “abusar muito” pulando em cima das crianças, afinal, é uma raça grande e relativamente pesada.

Mas uma coisa é certa, com toda certeza seus filhos estarão em boa companhia dia e noite com diversão garantida.

Padrão físico

Os labradores possuem três cores aceitáveis dentro do padrão da raça: o preto, o chocolate e o caramelo. Sua pelagem é composta por pelos e subpelos, para que pudessem adentrar o mar gelado sem sofrimento. A altura do labrador pode variar entre 55 e 58 centímetros (do chão até a cernelha, o ponto mais alto do ombro do animal, antes do pescoço). Seu peso quando adulto fica entre 32 e 45 quilos, podendo ultrapassar isso quando o animal envelhece, uma vez que ele tende à obesidade. Seu faro é muitíssimo apurado, sua constituição física é forte e naturalmente musculosa.

Cuidados básicos

O labrador é um cão muito ativo, e para ser feliz precisa gastar a energia com uma rotina de longos passeios ou agility (uma espécie de playground canino, o qual permite exercitar físico e mentalmente o animal). Sua inteligência também deve ser estimulada com o aprendizado de novos truques.

É um animal de porte grande, o qual comumente desenvolve doenças ósseas e ortopédicas. Para prevenir esses problemas, é ideal mantê-lo num peso saudável, dosando a quantidade de alimentação diária para que não fique obeso.

O labrador é naturalmente um cão de água, e raramente você vai encontrar um labrador que não corra em direção à poças de água ou mangueiras abertas. Refresque-o em temperaturas quentes, com água fresca à disposição e banhos quinzenais regulares.

Labrador: raça facilmente adestrável

Não é à toa que quando surgiram no Brasil, foram muito utilizados para caça, pois seus instintos o induzem a ser um caçador. Atualmente, a raça é utilizada para guiar pessoas com deficiências visual, auditiva e/ou de locomoção e até realizar grandes salvamentos.

Com um labrador em casa, fica fácil treiná-lo para procurar coisas ou simplesmente para se divertir. Por ser um cão inteligente, ele pegará as coisas facilmente, tendo como lema: quanto mais atividade mais divertido é o dia!

Saúde do labrador

Os principais problemas de saúde que assombram a vida de um cão da raça labrador são: displasia de quadril, torção gástrica, nanismo com displasia retinal, distrofia muscular e displasia do cotovelo.

Já os problemas menores são: catarata, OCD, catrofia progressiva da retina e dermatite piotraumática.

*Com a colaboração de Lia Vieira

 

Galeria de fotos


Reportar erro