Golden Retriever

Os Golden Retriever são muito amáveis e tranquilos com todos: crianças, adultos e desconhecidos


Não raro se escuta alguém chamando o Golden Retriever de “Labrador de pelos longos”, ou fazendo qualquer comparação entre as raças. De fato, embora tenham muitas similaridades, o Golden Retriever também possui muitos fatores que o diferenciam do Labrador, como o temperamento mais calmo e uma melhor adaptação à vida em apartamentos. As qualidades e a popularidade deste cão fizeram com que ele fosse usado como animal de trabalho, como cães policiais e de resgate, além de serem utilizados para assistir cadeirantes e cegos.  Conheça melhor esta raça que é cada vez mais popular no Brasil.

História da raça

O Golden Retriever é uma raça razoavelmente nova. Sua origem teve início na Escócia, em torno de 1800, quando a necessidade por cães de busca estava em alta. Um homem chamado Lord Tweedmouth concluiu que era necessário um cão rápido para alcançar a caça, delicado para não destruí-la no caminho, e que tivesse resistência o suficiente para encarar o mar gelado se fosse necessário, além de avançar em uma vegetação densa. Assim, desenvolveram-se cruzamentos entre cães das raças Labrador, Flat Coat, Setter Irlandês e outros. Os filhos de Lord Tweedmouth levaram filhotes da nova raça para a América em 1900, e em 1912 a AKC reconheceu o Golden Retriever como uma nova raça pura. A valorização da raça deu-se devido às suas habilidades de caça e, posteriormente, tornou-se popular como animal de estimação, cão de exposição e um competidor em obediência.

Temperamento

Quem já teve a oportunidade de conhecer um Golden Retriever certamente guardará na memória a lembrança de um cão absurdamente amável com todos: crianças, estranhos e outros animais. Ao contrário do Labrador Retriever, o Golden é mais calmo e esta é uma característica de grande importância no momento de escolher um novo membro da família, já que algumas pessoas se adaptam perfeitamente à agitação do Labrador, enquanto outras – como idosos ou crianças – podem optar pela tranquilidade do Golden. Devido ao seu temperamento, este cachorro é bastante apreciado como animal de companhia e, para que ele seja mais calmo e bem educado, o início do treinamento de obediência deve ser realizado cedo.

Muito apegado aos donos, o Golden Retriever se dá bem com quaisquer pessoas e animais. Não é uma raça que se adapte bem a viver apenas confinado ao quintal, por exemplo, pois tem grande necessidade em estar junto de quem gosta. É muitíssimo inteligente e protetor, aprende truques com facilidades e adora ter seu potencial mental e físico desafiado constantemente. O cachorro dessa raça tende a ser bastante agitado e o seu entusiasmo o distrai facilmente, mas ele gosta de aprender coisas novas e precisa de atividades físicas e mentais constantes para não se tornar um cão hiperativo. É essencial que ele possa gastar as energias para manter o seu equilíbrio. Este cão é ativo, vigoroso e dotado de um excelente faro. Com a falta de exercícios, o Golden Retriever poderá desenvolver um comportamento destrutivo e indisciplinado, ser menos saudável e viver menos.

Até os três anos de idade, os cães desta raça costumam pular e se jogar em cima das pessoas e coisas, o que pode ser perigoso para crianças que ainda engatinham ou adultos com problemas de locomoção. Nestes casos, a melhor opção é um Golden já adulto, pois já estará mais calmo, com o temperamento bem definido.

O termo “retriever” em Inglês significa “aquele que traz algo”, então pode ter certeza que nada deixará um Golden Retriever mais feliz do que atirar ao longe uma bolinha para que ele a traga de volta. Este cachorro também tem a tendência de mastigar objetos e morder as mãos do dono, por isto, é bom ter vários brinquedos para que ele possa carregá-los na boca.

Características físicas

De porte médio, se trata de um cão cuja pelagem é exclusivamente dourada – podendo variar entre tons mais escuros ou claros, mas jamais de outras cores. Suas patas são longas, suas orelhas são caídas até a altura de suas bochechas, os olhos são escuros e bem afastados, e sua cauda é reta, longa e grossa. Seus pelos são longos e podem cair mais do que o usual se não forem bem cuidados. O tamanho comum de cães da raça Golden Retriever costuma ficar entre 56 e 61 cm, e o peso varia entre 28 e 35 quilos – no entanto, não se espante, alguns cães da raça podem atingir até 40 quilos dependendo da alimentação e da constituição individual do animal.

Cuidados básicos

A pelagem do Golden Retriever exige escovação diária para que não desenvolva nós – que podem posteriormente causar feridas e coceiras à pele do animal. Tosa é indicada semestralmente e no banho, xampus especiais para desembaraçar e manter a pelagem bonita.

Por ser um animal pesado, possui grande tendência a desenvolver a displasia coxo-femural, doença que ataca a articulação do quadril com o fêmur, causando grandes dores ao animal. Para prevenir, é importante evitar pisos muito lisos no qual ele escorregue, e que viva em ambientes íngremes, como chácaras de terreno caído, ladeiras e similares. Outras doenças que podem atingir o Golden Retriever são a displasia do cotovelo, catarata, entrópio, triquíase, dermatite piotraumática, estenose aórtica subvalver, alergias e torções gástricas.

É indicado realizar exames de quadril, olhos, cotovelos e de sangue. Para evitar complicações com a saúde do animal, como problemas nas articulações, doenças ósseas ou do coração, epilepsia ou câncer, o dono deve informar-se, manter o cãozinho magro, evitar o excesso de vacinação, estimular a prática dos exercícios adequados e cuidar da alimentação.

Galeria de fotos


Reportar erro