Entenda as diferenças entre um rottweiler americano e um alemão

Para a organização alemã de classificação de raça, o rottweiler puro é mais musculoso e obediente. Já a americana afirma que ele é esbelto e corajoso


Rottweiler é uma das raças mais antigas que existem, pois era utilizado pelas legiões romanas dentro do território que hoje é a Alemanha.

Os animais desta raça serviram para que o exército romano conquistasse várias regiões da Europa, tendo em vista que eram utilizados como guarda. Além disso, eles também tinham a função de pastoreio.

Quando os romanos foram embora, vários cães desta raça ficaram e misturam-se com outros. Por isso, em 1921 foi criada a Allgemeiner Deutscher Rottweiler Klub (ADRK) que pode ser chamada de Sociedade Alemã Geral dos Rottweilers.

Entenda as diferenças entre um rottweiler americano e um alemão

Foto: depositphotos

A organização surgiu com o intuito de definir o padrão desta raça. Em contraposição, o American Kennel Club (AKC) ou Sociedade Americana de Canis também adaptou os cães desta raça nos Estados Unidos, criando um outro padrão do mesmo animal. Assim, pode-se dizer que existe o rottweiler alemão e o americano.

Quais as características do rottweiler alemão?

Na classificação da ADRK, os animais são avaliados rigorosamente, tanto com relação as características físicas como também as comportamentais. Assim, quando se fala fisicamente, os traços do rottweiler alemão lembram e muito os dos antigos mastins, que foram seus antepassados.

Por isso que eles possuem o focinho mais encorpado, acentuado, bem desenvolvido e mais largo. Com relação ao peso, o alemão é mais robusto e musculoso, em compensação não é tão ágil. Outro ponto é o rabo, que neste caso não são cortados.

Já quando o assunto são as características comportamentais, é preciso destacar que esta raça é obediente, tranquila e dedicada. Também trata-se de um animal trabalhador e e esforçado. Não são criados para serem agressivos, mas é inevitável combater o instinto protetor deste pet.

Rottweiler americano: aspectos físicos e comportamentais

Quando parte para a classificação americana, todas as características mudam. Por exemplo, segundo a AKC é recomendado cortar o rabo do animal para que este participe das competições. Já o focinho é mais quadrado e o peso é mais leve, ou seja, não é muito musculoso. Este último aspecto faz com que ele seja mais ágil.

As características comportamentais também são diferentes, pois a AKC prefere focar mais nos aspectos corajoso e confiante. Por isso que também os rottweilers americanos são conhecidos por serem mais “agressivos”.

Vale ressaltar ainda que a organização norte-americana considera animais padronizados desta raça pelo simples fato de seus pais já serem considerados cães de raça pura, ao contrário da ADRK que faz várias avaliações no animal.


Reportar erro