Airedale Terrier

Conheça seu comportamento, porte, cuidados com a saúde e expectativa de vida


Natural da região do Reino Unido, essa a raça Airedale Terrier é a maior entre os terriers. Desenvolvida por meio do cruzamento entre o old english broken-haired e o cão de lontra, este é um animal versátil e muito corajoso. Anteriormente, era conhecido como waterside terrier, e recebia o apelido de rei dos terriers devido ao seu tamanho.

Educação, treinamento e personalidade

Considerado de dificuldade moderada, seu treinamento é dificultado devido à teimosia e a tendência às brigas. É um animal pouco popular como companhia, mas é um excelente caçador e cão de guarda. É um cachorro inteligente, apesar da teimosia: de acordo com o livro de Stanley Coren, “A Inteligência dos Cães”, os cães da raça Airedale Terrier estão em 29° de 79 raças pesquisadas quanto à inteligência.

Porte e principais características

O cão dessa raça pode chegar aos 23 kg, sua cauda é esticada para cima e sua pelagem possui coloração preta e castanha, é densa e dura, muito resistente ao frio e à água. De grande porte, o cão possui olfato muito apurado, ideal para caça às margens do rio. São excelentes nadadores, equilibrado, confiante e sempre alerta, mas de forma alguma é agressivo com aqueles que lhe dão amor e carinho. É fiel à sua família e não apresenta dificuldade em trabalhar com outros animais, mas se não for bem treinado pode acabar agitando-os. A socialização com outros animais, assim como em todas as outras raças, deve ser feita desde filhote, facilitando a boa convivência na vida adulta. As fêmeas medem entre 56 e 59 cm de altura, e os machos, um pouco mais altos, variam entre 58 e 61 cm.

Cuidados e saúde

A raça Airedale Terrier tem animais muito ativos, por isso é necessária a prática intensa de exercícios diários, como uma longa caminhada, corridas mais intensas ou uma brincadeira de caça segura. São cães que podem, tranquilamente, viver dentro de casa, desde que tenham suas atividades diárias respeitadas. Normalmente se dá bem com outros cães, mas não gosta de ser desafiado, por isso procure ensiná-lo a conviver bem com outros animais desde pequeno. As principais preocupações com essa raça envolvem a displasia de quadril, e por isso os exames de quadris são recomendados. Sua expectativa de vida é de 10 a 13 anos, e é preciso cuidar muito de sua saúde e gastar sua energia com brincadeiras para torna-lo um cão alegre, gentil e carinhoso com seus donos.

Galeria de fotos


Reportar erro