Dicas de limpeza para casa onde há cães

Xixi e cocô em lugares errados, por exemplo, geralmente ocorrem quando o animalzinho ainda não sabe o que é certo e errado


Ter um cão é sinônimo de alegria, amor, diversão e muito, muito companheirismo. Apesar disso, também é sinônimo de sujeira, necessidades fisiológicas em lugares impróprios e pelos soltos pela casa. É claro que toda essa bagunça pode ser arrumada e em nada minimiza as virtudes de ter um cãozinho dentro do lar. Além disso, existem alternativas fáceis que impedem que o pet deixe sua casa suja.

Como proceder na limpeza da casa?

Xixi e cocô em lugares errados geralmente ocorrem quando o animalzinho ainda não sabe o que é certo e errado, então resta ao dono mostrar e ensinar isso a ele. Enquanto o cãozinho não aprende e ainda suja a casa veja algumas dicas de como reagir a esse tipo de sujeira e outras decorrentes do dia a dia do cão.

Dicas de limpeza para casa onde há cães

Foto: Reprodução/ internet

Urina

Você vai precisar de papel toalha, água morna, detergente e vinagre. Primeiramente, enxugue o local com o auxílio do papel. Em seguida, pingue algumas gotas de detergente junto com a água. Feito isso, esfregue bastante o local afetado e depois é só retirar o sabão. Em um recipiente, misture em quantidades iguais o vinagre branco com a água e pulverize na área. Por fim, passe um pano úmido. Essa técnica irá ajudar você a retirar tanto a mancha de xixi quanto o odor provocado por essa substância.

Caso o local escolhido pelo pet para urinar foi um tapete ou carpete, fazer o mesmo procedimento a cima, porém não esfregue, assim você evita de desfiar ou torcer o seu objeto de decoração. Além disso, após concluir o procedimento acrescente bicarbonato de sódio ou desinfetante próprio para esse tipo de pano.

Existem no mercado pet vários produtos que ajudam a ensinar o cão o lugar exato de se fazer as necessidades fisiológicas. O tutor pode encontrar os tapetes higiênicos ou banheirinhos próprios para isso, mas lembre-se de deixar esses itens longe do comedouro, uma vez que os cães não gostam de defecar ou urinar próximos dos lugares onde comem.

Fezes ou vômitos

Esse tipo de limpeza dá um trabalho maior para os tutores, isso porque nas misturas dessas substâncias existem corantes de certos alimentos que podem manchar os tapetes, cortinas ou outros utensílios afetados. Use papel toalha para limpar logo de início e retirar o excesso de sujeira. Em seguida, use água e detergente líquido.

Pelos soltos pela casa

A limpeza diária é a melhor saída para quem deseja manter a casa longe de sujeiras e pelos dos cães. Passe a vassoura ou aspirador de pó em todos os locais da casa, principalmente e com muito cuidados nos lugares onde o pet adora se deitar. Se o cão gosta de descansar nos sofás, opte por colocar uma manta por cima para livrar seus móveis de pelos que são difíceis de sair. E lembre-se sempre de lavar a manta por dois ou mais dias na semana.

Ração ou água

Tem cachorro que na hora de comer parece um furacão, come rápido e acaba derramando a comida pelo chão. Existem comedouros especiais para esses cães “gulosos”. Outras técnica é deixar as vasilhas água e ração em um local arejado e de fácil limpeza. Assim, o tutor tem menos trabalho para realizar a limpeza cotidiana.


Reportar erro