Prefeitura de Curitiba cria projeto de adoção comunitária

Dos cães envolvidos, uma média de 25% já recebeu adoção


A prefeitura de Curitiba, no Paraná, ao perceber a grande quantidade de cães que moram nos 22 terminais de ônibus da cidade, e a tendência dos moradores de cuidarem deles, acabou criando um projeto de adoção comunitária. A iniciativa recebeu o nome de “Cães Comunitários”.

Desde 2013, esses cachorros são castrados, recebem vacinas, tratamentos veterinários e têm um microchip de identificação implantado. Então, os moradores que se interessam em ajudar assinam um “termo de adoção comunitária”, que dá certa responsabilidade sobre o animalzinho. Eles ofertam comida, água e cuidados.

Prefeitura de Curitiba cria projeto de adoção comunitária

Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

O projeto já contabilizou 120 mantenedores, e cerca de 160 animais já foram castrados. Dos cães envolvidos, uma média de 25% já foi adotada por famílias para um lar definitivo. Essa ação, realizada pela Rede de Proteção Animal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, torna a adoção mais atraente, uma vez que o cachorro recebe todo o cuidado necessário. A ideia se estendeu e saiu dos terminais para as ruas, facilitando também a adoção de animais.


Reportar erro