Mulher adota cães que seriam submetidos a eutanásia por deformidades

Após resgatar 60 animais em condições terríveis, três deles seriam sacrificados. Mas Sage Taylor decidiu intervir


Recentemente, um grupo de resgate de animais encontrou cerca de 60 animais vivendo em condições terríveis em uma casa no Condado de Spencer, que fica no estado americano do Kentucky.

Infelizmente, três dos cães resgatados seriam submetidos a eutanásia por possuírem deformidades em seus corpos.  Foi aí que uma das voluntárias, Sage Taylor, decidiu interceder.

“Os planos eram que eles seriam sacrificados na manhã seguinte. Então eu interferi e falei ‘Não, espera! Eu fico com eles! Só me deixe dar uma olhada e ver se tem algo que possa ser feito,” contou Sage ao Walb News. “Um deles tem uma aparência muito engraçada, ela parece muito jovial! Ela parece estar sempre alerta e amigável.”

A mulher simplesmente ignorou as deformações e demais problemas que os cães possuíam, como os seus dentes podres. Ela conseguiu ver além disso e viu que o que eles precisavam era de um lar.

Sage é a responsável por um santuário de cães chamado Lewie’s Pit Crew, que leva esse nome em homenagem ao seu pit bull, o qual ela também salvou de ser sacrificado. Ela disse que Lewie sempre ajuda a confortar os outros animais e agora ela espera que os três cães resgatados possam ser felizes em seu novo lar.

 

Com informações de Walb News


Informar erro