Mulher adota cadela que a salvou de abuso sexual

Depois da adoção, tutora descobriu que a cachorrinha estava grávida de 6 filhotes


A universitária inglesa Georgia Bradley, 25 anos, estava passando as férias na ilha de Creta, na Grécia, quando foi abordada por dois homens. Ela estava sozinha e eles a convidaram para tomar um drink. Então, houve confusão, e a moça foi agredida. Os dois homens tentaram abusar sexualmente de Georgia, e provavelmente teriam conseguido, se não fosse por uma cadelinha.

Como o namorado estava em um café nas proximidades, a garota resolveu dar um passeio pela praia. Foi quando o ataque aconteceu. Graças à cachorrinha, que foi batizada de Pepper, os dois homens fugiram assustados. Pepper apareceu e começou a latir muito, até afugentar os agressores.

Mulher adota cadela que a salvou de abuso sexual

Foto: Reprodução/ The Telegraph

A cadela ainda seguiu Georgia até o local onde estava hospedada. Muito assustada e nervosa, a garota não permitiu aproximação. Depois, a estudante procurou um abrigo na cidade para a cachorra, mas não teve sucesso. Segundo o jornal The Telegraph, assim que retornou à Inglaterra, a jovem decidiu que iria de novo para a Grécia, em busca de Pepper.

A garota só conseguiu o feito na terceira viagem, que foi quando encontrou Pepper no mesmo local onde o ataque havia ocorrido. Mas ela ainda enfrentou muitos problemas até conseguir transportar a cachorra até a Inglaterra. Pepper ficou em quarentena em canis, foi vermifugada e ainda teve que ter um passaporte especial para animais expedido. Após uma semana, depois de finalmente estar em casa, Georgia recebe uma surpresa: Pepper estava grávida de seis filhotinhos.


Reportar erro