Morador de rua de SP vende carroça para criar filhotes

Cadelinha Julie é o xodó do Emerson. Para ele, ‘Deus a emprestou para ele cuidar’


Esse é o Emerson Aparecido de Albuquerque. Ele é um morador de rua há 15 anos, e vive com sua companheira, dois filhos e a sua cadelinha. Ou vivia, porque agora chegaram mais sete filhotinhos na família. É um velho conhecido de quem passa pela Avenida Paulista, no centro de São Paulo. Segundo a internauta Isabela Gregorio, que postou umas imagens do homem, além de um pedido de ajuda em rede social, o Emerson luta para conseguir sobreviver, uma vez que as pessoas o julgam pela aparência e não oferecem ajuda.

A cadelinha Julie é o xodó do Emerson. Ele afirma que “Deus a emprestou para ele cuidar”. Diante do nascimento dos filhotes, ele não viu outra saída e acabou vendendo a carroça que utilizava como instrumento de trabalho, para recolher material reciclável. Em entrevista ao site Buzzfeed Brasil, o homem conta que conseguia cerca de R$ 60 por dia. Quando questionado sobre por que não vendia os filhotes, ele foi categórico: “não se vende um amigo”.

Emerson afirma que vai castrar a cadelinha, e por isso quer ficar com três dos filhotinhos. Segundo o homem, como Julie não terá mais filhotes, ela tem o direito de ficar com alguns que teve. Os outros serão doados, mas apenas para quem demonstrar muito amor e carinho.

Uma foto publicada por @clapclapcla em


Reportar erro