Justin Bieber dá seu cão com doença debilitante para dançarino

Sofrendo de Displasia Coxo-femural, o cãozinho corria o risco de perder os movimentos caso não fizesse cirurgia


Pouco antes de desativar a sua conta no Instagram, em agosto do ano passado, o cantor Justin Bieber comoveu seus fãs após adotar um cachorro, que fez tanto sucesso que o artista, mesmo optando por não ter um Instagram pessoal, decidiu criar um perfil para o seu cãozinho Todd. 

Recentemente o cãozinho voltou a virar noticia, mas infelizmente não eram boas. Isso porque o cantor, por algum motivo desconhecido decidiu dar Todd para um de seus dançarinos, C.J Salvador.

A polêmica se deu após C.J descobrir que seu chowchow sofre de uma doença chamada Displasia Coxo-femural desde filhote e que se não fosse tratada, o cãozinho iria parar de andar quando tivesse um ano de idade.

Foto: Reprodução/ Instagram

O dançarino então criou uma campanha de financiamento coletivo no site GoFundMe para arrecadar os $8 mil dólares necessários para a cirurgia. Isso deu a entender que o cantor não iria bancar ou ajudar com os custos tratamento do cão, o que gerou o ódio de várias pessoas e acusações feitas ao cantor por veículos de notícias, já que seu histórico como tutor de animais não é dos melhores.

Nas suas redes sociais, o dançarino entrou em defesa de Justin Bieber alegando que eles tem uma ótima relação durante os cinco anos que trabalham juntos e que Todd agora é um salvador, que ele é uma responsabilidade sua e de seus pais, e não do cantor.

Some ppl just have no chill 😓

A photo posted by CJ Salvador (@_cjsalvador) on

Felizmente, em menos de uma semana, C.J conseguiu todo o dinheiro necessário para que fosse realizada a cirurgia no animalzinho. Vamos torcer para que ele se recupere bem!

 

Com informações de PageSix 


Informar erro