Filhote de pit bull é adotado por família de gatos

Cão quase chegou a ser comido pela mãe e a perder uma das patas


Nicolas é o menor de uma ninhada de oito filhotes de pit bull, e o único sobrevivente entre eles. Por alguma razão estranha, a sua mãe comeu três de seus irmãos e tentou fazer o mesmo com Nicolas, mas logo perceberam e conseguiram tirar o filhote da boca da mesma.

Infelizmente, durante o processo o filhote acabou tendo que perder uma das patas.

 

nicolas-pitbull-3-patas

Fotos: Reprodução/ Bored Panda

Com uma semana de vida, o pequeno foi adotado por uma mulher que já cuidava de outros animais: dois gatos e cinco outros cães. E, simplesmente, algo inesperado aconteceu: os bichanos começaram a ajudar a cuidar do cãozinho e, de certa forma, o adotaram. Graças aos cuidados da nova tutora de Nicolas, junto aos seus outros animais, o cãozinho conseguiu sobreviver.

nicolas-sendo-alimentado

gatos-cuidando-de-filhote-de-pitbull

Segundo pesquisas, o infanticídio pode acontecer entre os animais. Algumas das razões que motivaram a cadela ter comido os filhotes, diz respeito a rejeição à ninhada, aos filhotes com problemas físicos, ao medo de invasores (sejam humanos ou outros animais, mesmo que eles já tenham alguma convivência), e a própria proteção dos filhotes, com a intenção de retorná-los para dentro de si. O fato da cadela ter feito isso, entretanto, não tem relação com o fato da sua raça ser pit bull.


Reportar erro