Ferido, homem deixa local de acidente e sai em busca do seu cão

Animal havia sido atropelado alguns metros depois do acidente inicial


Com apenas seis semanas de vida, o cão OG foi resgatado por um homem chamado Manny Guzman, e, desde então, se passaram 10 anos e ambos tornaram-se melhores amigos. Um gesto do tutor em relação ao cão, inclusive, chamou atenção recentemente: Manny se deslocava em seu automóvel na companhia do pet por uma rodovia em Austin, Estado do Texas, nos Estados Unidos, quando acabou se envolvendo em um acidente automobilístico, no final de janeiro deste ano.

Após a colisão, o tutor de OG, que sofreu vários ferimentos na cabeça, costelas e pernas, se desesperou ao não encontrar o seu amigo canino instantes depois do incidente. Mesmo com o corpo apresentando várias lesões, Manny deixou o local do acidente e foi atrás de seu cão. O pet foi então encontrado mais adiante da pista, caído no meio da via depois de ter sido atropelado.

“Eu achei que iria encontrá-lo morto”, contou Manny à rede de TV Fox 7.”Eu o peguei em meus braços e pedi desculpas por tudo o que havia acontecido com ele”.

OG sofreu algumas lacerações na cabeça, mas, felizmente, já está se recuperando ao lado de seu tutor e melhor amigo.

“Fico feliz que ele não esteja morto, ou então eu teria morrido”, conta Manny. “Eu não tenho amigos ou nada do tipo, ele [o cão] é meu amigo. É por isso que somos tão próximos. Ele é meu amigo, meu camarada, meu irmão, ele é tudo para mim”, finalizou o tutor que, juntamente com seu cão, não correm risco de vida e passam bem.

manny-e-seu-cao-og-se-recuperando-de-acidente

Foto: Reprodução/ Life With Dogs

Com informações de Life With Dogs


Reportar erro