EUA: Cães são enviados para consolar famílias das vítimas de atentado

Cães estão fazendo visitas nas casas de pessoas envolvidas no caso e irão passar o tempo que for necessário na cidade


Considerado o pior ataque a tiros da história contemporânea dos Estados Unidos, o tiroteio na boate Pulse, em Orlando, deixou 50 pessoas mortas, 53 feridas e várias famílias inconsoláveis no último dia 12.

Em decorrência disso, a ONG Lutheran Chuch Charities, de Chicago, que além de praticar atos de caridade ajuda pessoas durante tragédias, decidiu enviar 12 cães de conforto até o município, para que pudessem consolar as pessoas que participaram direta e indiretamente da tragédia.

cães-de-conforto-indo-para-orlando-consolar-envolvidos-com-tragédia

Foto: Reprodução/ Kye Comfort Dog

“Todo mundo adora fazer carinho em um cão, isso os ajuda a falar. Quando você faz carinho em um cachorro, sua pressão sanguínea abaixa, o que faz com que você relaxe. Relaxar, dá uma chance maior para que as pessoas possam falar sobre o que elas estão pensando e desabafar”, contou Tem Hetzner, o presidente da Organização ao site The Dodo.

Os cães estão fazendo visitas nas casas de pessoas envolvidas no caso e irão passar o tempo que for necessário na cidade.

envolvida-no-atentado-abraçando-cachorro

“Algumas pessoas só querem deitar no chão com os cães e conversar com eles. Os cachorros são como uma ponte para que as pessoas possam falar sobre o que as aborrece. Eles são confidenciais, bons ouvintes e não julgam ninguém. Falar sobre esse tipo de coisa é uma das coisas mais importantes para poder se recuperar”, finalizou Hetzner.

Com informações do The Dodo


Reportar erro