Cadela que auxiliou no resgate do 11 de Setembro ganha ‘honras de heroína’

Cachorra Bretagne recebeu homenagens e festa de aniversário surpresa


Conheça Bretagne, uma Golden retriever que está para completar 16 anos. Ela é a única sobrevivente dos cães de resgate que atuaram durante o ataque ao World Trade Center, em Nova York, nos Estados Unidos, em 11 de setembro de 2001. Ela e seus companheiros caninos auxiliaram nas buscas por sobreviventes em meio aos escombros.

Esse ano, Bretagne e sua cuidadora Denise Corliss, que também trabalhou na equipe de resgate, viajaram até Nova York para receberem o presente preparado especialmente para a cadelinha: o melhor aniversário de sua vida! Logo na chegada, elas foram recebidas com muito carinho, e a emoção e orgulho no rosto de Denise eram palpáveis.

Cadela que auxiliou no resgate do 11 de Setembro ganha 'honras de heroína'

Foto: Reprodução/ YouTube

A cachorrinha ficou hospedada no 1 Hotel Central Park, com honras de heroína. Depois, deu um passeio pela Times Square e recebeu a mensagem de agradecimento e “Feliz Aniversário” em um dos letreiros da famosa avenida. Ela ainda brincou no Hudson River Park, e no final da tarde, recebeu a chave da cidade.

Ao retornar par o hotel, mais surpresas: uma festa de aniversário repleta de comida, petiscos e presentes! O 1 Hotel Central Park doou a quantia de mil dólares para auxiliar no treinamento de cães de resgate do Texas Task Force 1, para que eles possam continuar com esse trabalho incrível com cachorros como a Bretagne.


Reportar erro