Cadela militar que perdeu pata recebe medalha por bravura

Ao todo, pet completou mais de 400 missões militares


Lucca é uma cadela da raça pastor alemão que serviu durante oito anos ao Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos, auxiliando seu pelotão detectando explosivos através do seu faro. Durante uma missão no Afeganistão em 2012, a cadela perdeu uma das patas dianteiras por ter pisado em uma mina explosiva. Após isso, a cadela se “aposentou” e foi adotada por um de seus treinadores, o sargento Christopher Willigham.

Ao todo, a cadela completou mais de 400 missões, e em todas elas, nenhum dos membros dos pelotões que ela escoltou se feriu por explosivos. Agora, quatro anos após o incidente, Lucca foi reconhecida por sua contribuição. Ela foi agraciada com a medalha Dickin, que é equivalente a Cruz Vitória (a mais alta condecoração militar pro bravura) só que para animais.

Apenas 29 cães foram condecorados com medalha Dickin, sendo Lucca não só o pet de número 30, como também o primeiro americano a conseguir.

lucca-recebendo-a-medalha-dickin

Foto: Reprodução/ Bark Post


Reportar erro