Cachorros idosos – Saiba todos os cuidados necessários

Cães também envelhecem e necessitam de cuidados especiais, pois estão sujeitos a alterações, doenças e dores


Assim como nós, seres humanos, os cães também envelhecem e necessitam de cuidados especiais, pois estão sujeitos a alterações comportamentais, doenças e dores. Um cachorro é considerado idoso a partir de 7 anos de idade, em média, e os seus corpos começam a ficar mais lentos. Prestar atenção à idade do seu cãozinho é necessário para suprir as novas necessidades e, consequentemente, proporcionar-lhe melhores condições de vida.

Cachorros idosos

Foto: Reprodução

As alterações que podem ocorrer nos cães

O processo de envelhecimento nos cachorros é bem similar ao nosso e podem aparecer doenças como artrite, depressão, mal de Alzheimer, dentre outras.

Ocorrem, também, alterações no metabolismo: o organismo produz menos calor e gasta menos energia, sendo assim, o cão sente mais frio e engorda com mais facilidade.

Com a idade, a visão, o olfato e a audição dos cães também podem ficar prejudicados. Além disso, o cérebro também sofre alterações e passa a ser menos adaptável a novos aprendizados e rotinas.

Os órgãos vitais do cão também são prejudicados e pode ser que ele fique mais lento, o que aumenta as chances de ele não conseguir lidar tão rápido com estresse ou doenças.

Um dos problemas comportamentais mais comuns nos cachorros idosos é a ansiedade da separação: o cão ficará muito ansioso quando sentir que o seu dono está prestes a sair, podendo urinar, defecar e salivar muito.

Cuidados com os cães idosos

Como já foi dito, as alterações que ocorrem nos cães idosos merecem atenção e cuidados especiais.

Confira a seguir algumas dicas para ajudar o seu cachorro a atravessar essa etapa da vida da melhor forma possível.

  • Pode ser que, com a idade, o seu cachorro não te veja ou não te ouça tão bem, por isso, seja paciente!;
  • Como o cachorro passará mais tempo deitado em um lugar, é muito importante manter a sua cama em um local acessível, confortável, quente, livre de ventania e bem acolchoada, com o fundo coberto por material isolante impermeável;
  • As visitas regulares ao veterinário para ver se está tudo certo com o seu cão são muito importantes. Com as visitas, o especialista pode checar o estado de saúde de órgãos importantes como o coração, rins, fígado e a pele;
  • Assim como para os cães jovens, as vacinas são muito importantes para os idosos;
  • Mantenha a pelagem do cãozinho sempre bem cuidada e examine as unhas e boca regularmente;
  • Ao sair de casa, certifique-se de que o ambiente está confortável para o seu cãozinho.


Reportar erro