Polícial se recusa a sair do lado de filhote até ele ser adotado

Mesmo cansado por seus longos turnos de trabalho, o oficial permaneceu ao lado da cadelinha por dois dias, até ela ser adotada


Em uma patrulha durante a madrugada de um sábado, o oficial Kareem Garibaldi, do Departamento de Policia de Lakeland (Flórida), encontrou uma filhote, mix de pitbul com boxer, sozinha na rua.

Apesar de estar cansado por ter trabalhado longos turnos, ele passou os próximos dois dias ao lado dela até que ela fosse adotada.

Como ela não possuía microchip ou coleira, o policial achou que ela não tinha como ser achada por seus tutores.

Garibaldi então a levou para casa e no outro dia, após procurar pela família da cadela por 12 horas sem sucesso, ele decidiu a levar para a SPCA (Sociedade de Prevenção a Crueldade Animal), a fim fazer exames e, quem sabe, achar uma nova família para a filhote.

A gerente de rede de segurança da SPCA, Connie Johson estava chegando ao local para trabalhar e presenciou a cena do policial ao lado da cadelinha e decidiu registrar com uma foto.

oficial-de-policia-ao-lado-de-filhote

Foto: Reprodução/ Life With Dogs

“Assim que entrei eu vi ele e a cadela. Ambos estavam exaustos e dormindo enquanto esperavam. Esse foi um daqueles momento que pegam o nosso coração, vendo o quanto ele estava determinado a ajudar ela,” contou Connie ao Life With Dogs.

Após ser examinada durante três horas, a cadela não tinha problema nenhum, apenas algumas pulgas. E felizmente, ela foi adotada nesse mesmo dia, tendo ganho o nome de Hope (esperança em tradução livre).

 


Reportar erro