Instinto protetor: cães salvam crianças perdidas

Lealdade em situações adversas, proteção em momentos de perigo, amor quando há falta dele. Essas são algumas das atribuições dos cães na vida de seus donos


Nós podemos contar várias histórias de cuidado que os animais têm com seus tutores, mas isso nunca será suficiente para enaltecer tamanha bravura, amor e coragem que esses peludos têm. Todo mundo sabe que os cães são conhecidos como companheiros fieis ou como o melhor amigo do homem, e essas características são resultantes das relações de afago, de proteção e de ternura que os cachorros têm para com seus donos.

Lealdade em situações adversas, proteção em momentos de perigo, amor quando há falta dele. Os cães conseguem perceber nossos sentimentos e decifrar nossas sensações, sendo capazes de oferecer a dose certa daquilo que estamos precisando a cada momento de nossas vidas. Para ilustrar isso que estamos contando, o Clube para Cachorros separou duas histórias, em que os peludos são protagonistas de atos heroicos.

Instinto protetor: cães salvam crianças perdidas

Foto: Reprodução/ internet

Cão cuida de criança perdida por 15 horas

O caso de Victoria e o seu cão da raça boiadeiro australiano ocorreu em Phoenix, capital do Estado do Arizona, sudoeste dos Estados Unidos. Em 2010, quando a garotinha tinha 3 anos de idade, ela se perdeu de sua casa e foi parar em um bosque que fiava próximo de sua residência. Em época de inverno, a criança passou 15 horas pela floresta, junto com seu melhor amigo de quatro patas.

Especialistas afirmam que a garota só sobreviveu as baixas temperaturas devido ao seu ão que lhe aqueceu durante a noite. Na manhã seguinte, a equipe de buscas acabou encontrando Victoria, mas o cão resistiu por alguns minutos ameaçando a equipe. Depois, ao perceber que se tratava de auxílio, o peludo deixou o grupo de salvadores trabalhar.

Os socorristas contaram que ao colocarem a menina no helicóptero, o cachorro os acompanharam mesmo sem ser chamado. Victoria foi levado ao hospital mais próximo da região, seu quadro clínico era estável. A garota tinha o cachorro como parte da família, e o cão a tinha como parte de sua matilha. Protegeu a criança do frio, dos perigos e deu-lhe amor e afago. Provando mais uma vez que os animais são seres com sentimentos.

Proteção e amor durante 12 dias de aflição

Em 2014, a menina Karina de 4 anos ficou perdida de seus pais por 12 dias, na região de Irkustsk, Sibéria. A garotinha estava acompanhada de seu cachorrinho. Percebendo a situação desesperadora e perigosa que estavam, o peludo percorreu seis quilômetros ater chegar em casa e levar uma equipe de socorristas para o local onde a pequena estava.

Mesmo tendo se perdido em uma época de verão, as noites na Sibéria são muito frias. Foi graças ao seu melhor amigo de quatro patas que Karina não sofreu com uma hipotermia, pois durante o período noturno o cãozinho aquecia sua dona, protegendo-a dos perigos.

Esses dois casos são apenas alguns exemplos de amor e fidelidades dos cães. Existem outras histórias por todo o mundo que retratam o que de melhor esses animais têm. Afinal, a vida deles é muito curta e por isso já nascem sabendo amar e cuidar, enquanto que os humanos passam boa parte da vida para aprender.


Reportar erro