Filhotes de cães mordendo muito – Isso é normal?

O tédio e a falta de exercícios pode tornar esta atitude uma constante na vida de seu dog


Existem filhotes que não podem ver um sapato, meia, toalha, tapetes ou qualquer outro objeto que já começam a roer. O ato de morder as coisas está relacionado a vários motivos, como por exemplo, um tipo de brincadeira ou a troca e o nascimento dos novos dentinhos.

Para não deixar seu filhote destruir tudo pela casa, é preciso colocar em prática algumas dicas que ajudam a evitar os transtornos ao perder objetos. São práticas fáceis, que vão requer do dono paciência e dedicação, afinal, o cão só aprende através da repetição.

Morder por brincadeira

Alguns cães quando filhotes são impossíveis. Comem, dormem, brincam e brincam muito! Para eles tudo é diversão. Quando ainda estão com a mãe e os irmãos, as brincadeiras de morder prevalecem o tempo todo. Isso não quer dizer que estejam sendo agressivos, pelo contrário é a forma que encontram para se divertirem.

Ao ser levados para uma nova casa, descobrem um novo mundo, às vezes não existem outros animais para dividir as brincadeiras, então o dono é o parceiro ideal. Mesmo sendo não sendo sério, o dono não pode permitir que seu cão se acostume com esse tipo de divertimento. Na medida em que vão crescendo, as mordidas podem ficar mais fortes e acabam machucando, mesmo não sendo essa a intenção do seu cachorro.

Por essa razão, crie outras formas de brincar com seu mais novo amigo. E sempre que ele começar com as mordidas corrija-o, sem o uso da violência, para que ele possa compreender que não é certo.

Filhotes de cães mordendo muito - Isso é normal?

Foto: Reprodução

Troca e nascimento dos dentes

Do mesmo jeito que os dentes, na fase da infância do ser humano, caem, dando lugar aos permanentes, acontece de forma similar nos cães. No período entre o terceiro mês e o sétimo, os dentes de leite dos caninos caem, dado lugar aos definitivos. Pode ser que o dono nem perceba essa troca, pois os próprios cães engolem os que vão caindo.

E assim como incomoda nos humanos, incomoda também nos animais. As gengivas coçam e para saciarem essa necessidade, os cães atacam os objetos, sem distinção daquilo que pode ou não destruir.

Outros fatores para as mordidas

Outros motivos que levam o seu cachorrinho a atacar objetos sem culpa são: o tédio, a falta de atividades físicas e ansiedade (caso ele passe o dia sozinho). Além dessas causas, eles podem morder algo pelo fato de se sentirem ameaçados ou com medo, para chamar a sua atenção e caso eles estejam com fome ou simplesmente sede.

Como evitar as mordidas?

  • Leve ele para passear ou brinque com ele, tirando o foco do objeto mordido;
  • Compre brinquedos de borracha dura, para eles morderem quando sentirem vontade;
  • Você pode presentear os cães com ossinhos ou palitinhos comestíveis, além deles acharem saborosos, o alimento ameniza a coceira na gengiva;
  • Não deixe objetos que para você possa ser valioso pelo chão da casa;
  • Congele pedaços de frutas, como maçã, cenoura ou pera, e em seguida ofereça a seu amigo, ele além de desfrutar de uma deliciosa sobremesa, vai esquecer-se dos objetos.

Dicas para corrigir o comportamento do cão

  • Nunca use de violência. Utilizando deste método não irá ensinar nada ao seu animal, só irá deixá-lo triste com você;
  • Não crie várias palavras de comando. Se for “não”, use-a sempre e com firmeza. Ao falar várias palavras seu amiguinho vai ficar confuso;
  • Ao ver seu animal praticando o erro, imediatamente vá até e ele diga a palavra de comando, afastando-o do objeto em questão;
  • Evite deixar seu cão muito tempo sozinho, é mais complicado repreendê-lo por algo que ele já fez a algum tempo, do que na hora que o fato aconteceu;
  • Por fim, procure ter paciência com seu filhote, ele não vai aprender o que é certo ou errado da noite pro dia, mas com a repetição é possível garantir a obediência.


Reportar erro