Qual a razão dos cães ficarem grudados após o cruzamento?

O principal motivo dos cães ficarem grudados após cruzar é a anatomia de seus órgãos genitais, que é bem diferente da dos humanos


Durante o acasalamento dos cães, é comum vermos os animais “grudados”, ficando unidos pela região caudal e virados em direções opostas. Embora a cena possa nos dar uma impressão de dor e desconforto, ela é muito normal, sendo apenas uma das fases da cópula entre cachorros.

Muitas pessoas pensam que devem separar os animais, no entanto, tal atitude é extremamente equivocada.

Mas por que os cachorros ficam grudados?

O fato dos cães ficarem grudados após cruzar pode parecer um pouco estranho para nós, mas o principal motivo é a anatomia dos órgãos genitais dos animais, que é bem diferente da dos humanos.

Nos cães, a penetração ocorre ainda com o órgão sexual flácido, sendo possível graças a um osso que permite a penetrabilidade por meio da fricção. Na base do pênis do cão existe uma região denominada bulbo. Durante o acasalamento, o bulbo recebe muito sangue e aumenta de volume devido à excitação do animal. Já as fêmeas possuem um anel bastante resistente denominado anel fibromuscular, que apresenta diâmetro reduzido e se localiza na entrada da vagina.

Qual a razão dos cães ficarem grudados após cruzamento?

Foto: Reprodução/ Jornal Ciência

Quando o bulbo aumenta de tamanho, o anel da fêmea impede que o pênis saia do canal vaginal e, consequentemente, os cachorros ficam “presos” durante e, principalmente, após a cópula.

Mas qual é a razão da existência deste sistema nos cães? O motivo é meramente evolutivo: o anel fibromuscular da fêmea prende o pênis do macho em sua vagina, com a função de garantir que o sêmen seja completamente transferido, aumentando assim a chance de fecundação.

Devo separar os cães?

Nunca! Como você pôde ver, é bastante natural que os cachorros fiquem grudados após cruzar. Nunca tente separar os animais, pois, além de atrapalhar o processo de reprodução, pode feri-los. Jogar água também não é recomendado, pois o próprio cãozinho poderá forçar a saída e acabar se machucando.

O que eu faço então? Nada, basta se lembrar que o processo é natural e esperar. A diminuição do bulbo ocorre quando acaba a ereção do macho, o que pode durar cerca de 15 minutos a uma hora, dependendo da raça e do porte dos cachorros.


Reportar erro